Homem é preso após tentar arrombar residência de Taylor Swift

Homem é preso após tentar arrombar residência de Taylor Swift

A superestrela sofre há anos com a constante ameaça de 'stalkers' e disse ter implantado a tecnologia de reconhecimento facial em alguns shows no passado

AFP

A artista listou as ameaças à sua segurança como um de seus maiores medos

publicidade

A polícia de Nova York informou, sexta-feira, dia 28, que prendeu um homem do lado de fora da residência da cantora Taylor Swift, onde ele bateu seu veículo e tentou forçar a entrada.

Morgan Mank, de 31 anos, foi indiciado depois que a polícia disse que ele estava dirigindo na contramão em uma rua na parte baixa de Manhattan. Ele enfrenta acusações de dirigir embriagado.

A superestrela Swift, de 32 anos, sofre há anos com a constante ameaça de 'stalkers', termo em inglês usado para pessoas que perseguem celebridades.

O fenômeno do pop listou as ameaças à sua segurança como um de seus maiores medos e disse ter implantado a tecnologia de reconhecimento facial em alguns shows no passado para identificar possíveis 'stalkers' na multidão.

"Você tem um monte de 'stalkers' tentando entrar em sua casa e começa a se preparar para o pior", escreveu ela em um ensaio para a revista 'Elle', em 2019. "Cada dia tento lembrar o que há de bom no mundo, o amor que testemunhei e a fé que tenho na humanidade".

Em junho de 2019, um homem de Iowa foi preso depois de viajar para Rhode Island, onde Swift estava morando, com ferramentas de roubo, incluindo um taco de beisebol de alumínio, e planos de visitar a artista.

E um homem chamado Roger Alvarado foi preso várias vezes por invadir sua casa em Manhattan nos últimos anos.


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta segunda-feira, dia 22 de abril de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895