IEL divulga finalistas do Prêmio Minuano de Literatura 2019
capa

IEL divulga finalistas do Prêmio Minuano de Literatura 2019

Premiação acontecerá durante programação da Feira do Livro de Porto Alegre

Por
Correio do Povo

Premiação acontecerá durante programação da Feira do Livro de Porto Alefre

publicidade

O Instituto Estadual do Livro (IEL) divulgou as obras finalistas do Prêmio Minuano de Literatura 2019, em dez categorias — todas elas publicadas no decorrer do ano passado. Em sua segunda edição, a iniciativa terá o resultado conhecido durante a Feira do Livro de Porto Alegre, no dia 6 de novembro, às 19h, na Sala de Música do Theatro São Pedro. O objetivo é ressaltar e reconhecer a produção literária gaúcha, contribuindo para sua divulgação e para o incentivo à leitura e à produção escrita.

Confira os concorrentes:

Categoria Infantil
“Histórias de (não) era uma vez” (Editora Physalis) - Maria Luiza Puglia
“Agora pode chover” (Editora Melhoramentos0 - Celso Sisto
“Pássaros de Papel” (Editora do Autor) - Lucas Luz

Categoria Juvenil
“Betina Vlad e o Castelo da Noite Eterna” (Editora AVEC) - Douglas MCT
“O mistério do carimbo mágico” (Editora Metamorfose) - Cláudia Sepé
“Dois meninos de Kakuma” (Editora Pulo do Gato) - Marie Ange Bordas
 
Categoria Poesia
“Entre uma praia e outra” (Editora Artes & ecos) - Ronald Augusto
“Menina de tranças” (Editora Taverna) - Lilian Rocha
“Das coisas que escrevi nas margens do livro que você me deu” (Editora Nomos) - Luciana Costa Brandão

Categoria Conto
“O homem que gostava dos russos & outros contos” (Editora Patuá) - Rafael José Bassi
“Cavalos de Cronos” (Editora Zouk) - José Francisco Botelho
“Contos TransAntropológicos” (Editora Taverna) - Atena Beauvoir

Categoria Crônica
“Não existe mais dia seguinte” (Editora Taverna) - Vitor Necchi
“Caixa de guardar vontades” (Editora Telucazu) - Emir Rossoni
“Quem diria que viver ia dar nisso” (Editora L&PM) - Martha Medeiros

Categoria Ficção - Romance/Novela
“Estela sem Deus” (Editora Zouk) - Jeferson Tenório
“Brava Serena” (Editora Não Editora) - Eduardo Krause
“Tupinilândia” (Editora Todavia) - Samir Machado de Machado

Categoria Ilustração
“Que monstro, menino?” (Editora Alarte) - Milene Barazzetti, Ilustrações de Marlon Costa
“O Menino Tecnológico” (Editora Arte em Livros) - Adriana Zanonato e Luiz Carlos Prado, Ilustrações de Babi Wrobel
“A árvore de colher estrelas” (Editora Voxmídia) - Elvio Gonçalves, Ilustrações de Ernani Carraro

Categoria Histórias em Quadrinhos
“Adagio” (Editora AVEC) - Felipe Cagno, Ilustrações de Sara Prado e Brã
“Silas” (Editora AVEC) - Rapha Pinheiro
“Born Cartolla” (Editora AVEC) - Levi Tonin

Categoria Especial
“Leli da Silva: Memórias – Importância da História Oral” (Editora Alternativa) - Lilian Rose Marques da Rocha, Kleber da Silva Rocha e Maria Aparecida Marques da Rocha
“Katia Suman e os Diários Secretos da Rádio Ipanema FM” (Editora BesouroBox) - de Katia Suman
“Literatura à margem” (Editora Dublinense) - Cristovão Tezza
 
Categoria Texto Dramático
“Guerra de Urina” (Editora EDIPUCRS) - Altair Teixeira Martins
“Mulheres Pessegueiro” (Editora EDIPUCRS) - Patrícia Cecato
“Dog Day e Diálogo nas folhas em branco” (Editora EDIPUCRS) - Fernanda Moreno