Jota Quest faz público dançar com "acústico" em Porto Alegre
capa

Jota Quest faz público dançar com "acústico" em Porto Alegre

Apresentação no Araújo Viana está entre as últimas da turnê do recente álbum da banda mineira

Por
Mauren Xavier

Jota Quest fez apresentação na noite desse sábado em Porto Alegre

publicidade

Se a proposta de um acústico é ser um show mais ‘tranquilo’, não foi o que aconteceu durante as mais de duas horas e meia da apresentação do Jota Quest, em Porto Alegre, na noite deste sábado. Com o Araújo Viana praticamente lotado, os integrantes da banda mineira fizeram a festa no palco e deixaram poucos momentos para o público ficar realmente sentado. Cantando sucessos de mais de vinte anos de jornada, mesclando pop e melodias românticas, o show comandado por Rogério Flausino, junto com PJ, Marco Túlio, Paulinho Fonseca e Márcio Buzelin, animou, apesar da meia hora de atraso inicial, e fez o público cantar junto em boa parte da apresentação. 

O show teve um toque extra. Foi em Porto Alegre, no mesmo Araújo Viana, que a banda fez o lançamento do acústico, há dois anos. Novamente na Capital gaúcha, a banda realizou uma das últimas da turnê. Seguindo o roteiro do álbum “Jota Quest Acústico – Músicas Para Cantar Junto”, a banda começou com ‘Dias Melhores’ e passou para ‘O que eu também não entendo’. Entre os primeiros sucessos estava a melodia ‘Encontrar Alguém’. Depois foi a vez de ‘Mais uma Vez’, ‘Morrer de Amor’, criada especialmente para o acústico, seguido por ‘Amor Maior’ e ‘Pra quando você se lembrar de mim’, também exclusiva do albúm. 

Passando quase uma hora de show foi a vez de ‘Na Moral’, que fez o público mais uma vez levantar e dançar junto. E foi após essa música, que o vocalista anunciou que ainda ‘temos muitos shows pela frente’, uma referência aos novos trabalhos da banda, como o lançamento do clipe da música ‘Todas as janelas’, nessa semana. Voltando, em seguida, para as conhecidas ‘’O sol’ e Mandou Bem’.

Após, a banda até tentou fazer um ‘acústico clássico’, com todos os músicos sentados e um violão. A tentativa durou pouco. Com as músicas ‘Fácil’ e ‘Palavras de um Futuro Bom’, que foi apresentada em recordação ao segundo DVD gravado pela banda, que ocorreu em 2006, no Anfiteatro Pôr do Sol, em Porto Alegre, e ‘Sempre Assim’. 

Depois foi a vez de ‘Mania de Você’, de Rita Lee; ‘Vento’ e ‘Dores do Mundo’, com mais uma vez o público em pé. Quando o show parecia estar encaminhando-se para o final, foi a vez de ‘Além do Horizonte’, de Roberto Carlos, e ‘Planeta dos Macacos’, que foi iniciada com a frase de ‘Viva a sociedade alternativa’. Porém, a banda não deixou o palco e apresentou ‘Maluco Beleza’, de Raul Seixas, talvez para atender a um fã que gritou algumas vezes ‘Toca Raul’ no show. 

Em quase duas horas, foi a vez da baladinha romântica ‘Dentro de um abraço’, que, segundo o vocalista, é a música mais ‘gaúcha’. Ela foi seguida por ‘Tempos Modernos’, de Lulu Santos, e 'Vem andar comigo’; O final ficou com as conhecidas ‘Hoje’ e ‘Do seu lado’, que levantou o público e fechou a apresentação, e o encerramento da turnê do acústico entre as capitais. 

Neste domingo, a banda se apresenta no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo, com outro show da Saideira Tour.