Juremir Machado abordará temas relacionados à imagem em evento gratuito no Margs
capa

Juremir Machado abordará temas relacionados à imagem em evento gratuito no Margs

Jornalista, escritor e professor faz parte do projeto “Arredores da Imagem: Zona de investigações poéticas”

Por
Correio do Povo

Juremir Machado da Silva estará no Margs, hoje, às 17h

publicidade

Em parceria com a Faculdade de Educação da Ufrgs (Faced), o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), localizado na Praça da Alfândega, s/n°, promove nova edição de “Arredores da Imagem: Zona de investigações poéticas”. Personalidades de destaque no cenário cultural gaúcho participarão de encontros mensais, quando vão falar sobre temas relacionados à imagem. As palestras serão sempre às terças-feiras, a partir das 17h, no auditório da instituição. 

A atividade consiste em um espaço de compartilhamento e circulação de investigações transdisciplinares em torno da noção de imagem e de suas multiplicidades teóricas. A abertura ocorre nesta terça-feira, com o escritor, professor e jornalista Juremir Machado da Silva, colunista do Correio do Povo. O tema a ser abordado hoje é “Imagem e Poesia no Cotidiano”. A entrada é franca e limitada a 60 lugares.

Os demais nomes a participarem do projeto serão os seguintes: Vera Chaves Barcellos (6 de agosto), Roger Lerina (17 de setembro), Sandra Mara Corazza e Paola Zordan (29 de outubro), Anelise de Carli e Edson Luiz André de Sousa (26 de novembro) e Cláudio Levitan e Vanessa Silla (10 de dezembro). Também integrará a programação a peça “El Juego de Antonia”, com Luciana Paz e Sergio Lulkin, com data e local ainda a serem definidos. 

• Porto Alegre recebe oficina sobre relação entre espaço urbano e fotografia

Em educação, questionar a imagem é alinhar-se à contemporaneidade em suas urgências. Frente à múltipla proliferação de imagens que caracteriza o nosso tempo, voltamo-nos a Ítalo Calvino e a defesa de uma pedagogia da imaginação enquanto exercício de um pensar por imagens, ou seja, uma pedagogia capaz de pôr em foco visões de olhos fechados, aptas a se inscreverem no real, por meio de visibilidades inéditas: de currículo, de didática, de aula e de vida.

Deste modo, indagar, desde as artes, a filosofia e a literatura, o estatuto da imagem enquanto potência significante, é também recolher traços para a composição de realidades outras para as práticas de pesquisa e docência, vinculando-as assim, ao exercício de pensamento enquanto criação de novos sentidos. Nos arredores da imagem, talvez seja possível pensar em um conhecimento e uma aprendizagem capazes de se configurar enquanto testemunhos não de uma verdade, mas sim de um gesto poético. 

Natural de Santana do Livramento, Juremir Machado da Silva é graduado em Jornalismo e História, pela PUCRS (1984), com mestrado e doutorado em Sociologia pela Université Paris Descartes, respectivamente em 1992 e 1995. Atualmente é professor titular da PUCRS e tem experiência na área sociológica, com ênfase em sociologia da cultura, da mídia e do imaginário; atuando principalmente nestes temas e ainda em comunicação, história e tecnologia. Juremir tem 30 livros publicados. Entre eles, pode-se citar títulos como “Getúlio”, “Vozes da Legalidade, Política e Imaginário na Era do Rádio”, “Jango, a Vida e a Morte no Exílio” e “1930”.