Jussie Smollett declara inocência em 16 denúncias da polícia
capa

Jussie Smollett declara inocência em 16 denúncias da polícia

Autoridades afirmam que ator mentiu ao reportar falso ataque, orquestrado por ele mesmo

Por
Correio do Povo

Ator negou acusações da Polícia de Chicago

publicidade

O ator Jussie Smollett se declarou inocente nesta quinta-feira, em um tribunal de Chicago, nas acusações de que mentiu para a polícia quando relatou que foi vítima de um crime de ódio no início deste ano. O ex-integrante do cast da sére "Empire" foi inicialmente acusado de conduta desordeira por meio de denúncias mentirosas e, depois, acusado em 16 acusações por mentir às autoridades sobre um ataque supostamente ocorrido em janeiro, quando alegou ter sido alvo de dois partidários de Donald Trump por ser negro e homossexual.

Os detetives de Chicago determinaram depois que Smollett organizou o ataque altamente divulgado para promover sua carreira. Ele foi posteriormente preso, está sob fiança de 100 mil dólares. O ator e seus advogados negam que ele tenha algo a ver com o ataque além de ser vítima de um crime de ódio. Os promotores alegam que Smollett pagou aos irmãos Abel e Ola Osundairo 3,5 il dólares para encenar o caso. Smollett negou as acusações, e seu advogado, Mark Geragos, descreveu a acusação de 16 acusações como "exagerada".