Jussie Smollett enfrenta seis novas acusações por falsa denúncia
capa

Jussie Smollett enfrenta seis novas acusações por falsa denúncia

Ator prestará depoimento em 24 de fevereiro

Por
AE

Ator Jussie Smollet é acusado de fazer falsa denúncia

publicidade

O ator Jussie Smollett foi indiciado nessa terça-feira pela segunda vez, acusado de mentir à polícia sobre um ataque racista e homofóbico que ele supostamente sofreu no centro de Chicago, nos Estados Unidos, renovando um caso criminal que chamou a atenção mundial no ano passado. A acusação veio do promotor especial Dan Webb, que foi nomeado depois que os promotores do Condado de Cook retiraram as mesmas acusações em março de 2019.

Webb disse em comunicado que Smollett enfrenta seis acusações criminais de conduta desordeira, que resultam de quatro relatos falsos separados que ele deu à polícia nos quais alegou ter sido vítima de um crime de ódio "sabendo que ele não era a vítima de um crime".

O ator, que é negro e gay, foi originalmente acusado de conduta desordeira em fevereiro de 2019 por supostamente ter organizado o ataque e mentir sobre isso para os investigadores. As alegações foram retiradas no mês seguinte com poucas explicações. Tina Glandian, advogada do artista, questionou a decisão de Webb de registrar novas acusações que, segundo ela, "levantam sérias questões sobre a integridade da investigação que levou à renovação das acusações".

Smollet deve comparecer ao tribunal em 24 de fevereiro para prestar depoimento. Devido aos processos na Justiça, o ator de 37 anos saiu da série "Empire", que fazia à época do suposto ataque. Em maio do ano passado, a Fox renovou a produção para a sexta temporada, sem planos de trazê-lo de volta à trama. No mês seguinte, o criador confirmou que o artista não retornaria.