Maior coleção privada de uísque do mundo vai a leilão

Maior coleção privada de uísque do mundo vai a leilão

Expectativa é que venda de algumas garrafas supere um milhão de libras

AFP

Conjunto conta com mais de 3900 garrafas leiloadas em dois lotes

publicidade

Reunida até sua morte por um americano apaixonado por esta bebida, a maior coleção privada de uísque do mundo foi posta à venda nesta sexta-feira por uma casa de leilões. A expectativa é que a venda de algumas garrafas passe de um milhão de libras. Composto principalmente de uísque escocês e descrito como a "coleção perfeita" pelo site, este conjunto de mais de 3.900 garrafas será vendido em dois lotes.

O primeiro estará à venda até 17 de fevereiro, e o segundo, entre 10 e 20 de abril. A casa de leilões busca, assim, "dar aos compradores tempo para explorar a coleção em toda sua diversidade", já que algumas garrafas nunca (ou raramente) foram postas a leilão, explicou a instituição.

Na primeira venda, são oferecidas 1.949 garrafas, incluindo uma muito rara Macallan Valerio Adami, destilada em 1926 e envelhecida em barril durante 60 anos. No ano passado, uma garrafa da mesma uisqueria escocesa, também destilada em 1926 e engarrafada em 1986, bateu recorde em um leilão em Londres. Foi comprada por 1,45 milhão de libras, ou seja, quase 1,9 milhão de dólares.

A coleção pertencia a Richard Gooding, um americano falecido em 2014 que passou décadas viajando regularmente para a Escócia e para outros pontos do planeta em busca de garrafas raras.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895