Montagem de dança inspira mostra virtual com registro de quatro fotógrafos

Montagem de dança inspira mostra virtual com registro de quatro fotógrafos

“Olhares sobre Lentes Dançantes” se baseia em “A Dança dor Orixás” da Cia. de Dança Afro Daniel Amaro

Vera Pinto

Exposição virtual “Olhares sobre Lentes Dançantes”

publicidade

O Museu Histórico da Bibliotheca Pública Pelotense abre nesta terça-feira, a exposição virtual “Olhares sobre Lentes Dançantes”, a partir do espetáculo “A Dança dos Orixás”, da Cia. de Dança Afro Daniel Amaro, de Pelotas.  Ao longo de onze edições, entre 2017 e 2019, a montagem foi clicada por Roseane Duarte, Liége Ferreira, Leandro Barbosa e Tadeu Vilani, que com suas sensibilidades, deixaram um registro fotográfico da cultura negra e parte de sua história naquela cidade. A visitação segue até 1º de outubro, pelo site museuhistoricobpp.com.br.

“A Dança dos Orixás” mergulha no universo da dança dos orixás, resgatando o legado
deixado no extremo Sul do Brasil, a partir dos homens escravizados, que para cá foram trazidos e submetidos ao trabalho forçado na indústria do charque. O espetáculo conta com sete bailarinos que representam, através da dança, sete orixás diferentes. Dessa forma, o projeto pretende valorizar a cultura africana e o legado que esse povo deixou em nossa terra. Pois, onde no passado houve sofrimento, hoje é espaço para
aprendizado, reflexões e reconhecimento da cultura afro. No dia 26 de setembro haverá apresentação virtual do esperáculo, seguindo as recomendações sanitárias de distanciamento, a partir das 18h30min, direto da Charqueada São Joao, pelo YouTube @ciadanielamaro. 

 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895