Morte da atriz Tanya Roberts é confirmada

Morte da atriz Tanya Roberts é confirmada

A atriz morreu de uma infecção do trato urinário em um hospital de Los Angeles, informou seu relações públicas na terça-feira (5), um dia após ter o falecimento noticiado erroneamente

AFP

Tanya Roberts foi Stacey Sutton em '007 - Na mira dos assassinos'

publicidade

A ex-Bond girl e estrela da popular série de TV "That '70s Show" Tanya Roberts morreu de uma infecção do trato urinário em um hospital de Los Angeles, informou seu relações públicas nesta terça-feira (5), um dia após ter o falecimento noticiado erroneamente.

Roberts, de 65 anos, faleceu na segunda-feira à noite depois que a infecção se espalhou para o rim, vesícula biliar, fígado e, em seguida, sua corrente sanguínea, confirmou Mike Pingel à AFP.

Roberts é mais conhecida pela interpretação da geóloga Stacey Sutton no filme da franquia James Bond "007 - Na Mira Dos Assassinos", de 1985, estrelado por Roger Moore em sua última aparição como o 007.

O companheiro de longa data de Roberts, Lance O'Brien, erroneamente anunciou sua morte para a mídia na noite de domingo após uma "falha de comunicação" com o Hospital Cedars-Sinai, disse Pingel. Assim, diversos veículos da imprensa publicaram obituários que posteriormente tiveram de ser retirados.

Nascida Victoria Leigh Blum no Bronx, em Nova York, em 1955, Roberts trabalhou como modelo e em comerciais antes de ter a grande chance de sua carreira como atriz na última temporada de "As Panteras", na qual ela interpretou a investigadora particular Julie Rogers.

Quando o programa terminou, Roberts estrelou em 1984 o filme de fantasia "O Príncipe Guerreiro", assim como o personagem título de "Sheena: a rainha da selva", uma versão feminina de Tarzan, pelo qual ela foi indicada a cinco Framboesas Douradas e se tornou um clássico cult.

Atualmente, Roberts provavelmente seja mais conhecida por seu papel no sitcom "That '70s Show" no papel de Midge Pinciotti, a mãe tonta de Donna, interpretada por Laura Prepon.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895