Mostra que destaca arte feminina ganha novo ciclo no Margs

Mostra que destaca arte feminina ganha novo ciclo no Margs

Exposição está em cartaz desde o ano passado

Correio do Povo

Aquarela sobre papel "Sem Título", da artista Alice Brueggemann

publicidade

A exposição “Gostem ou não – Artistas mulheres no acervo do MARGS”, em cartaz no Margs (Praça da Alfândega, s/n°), desde o ano passado, ganha um segundo momento, com um ciclo de três encontros que promoverão uma reflexão sobre a necessidade de pensar em feminismos e a questões pertinentes à condição das mulheres na atualidade.

Os encontros serão realizados dentro do tradicional projeto “Mulheres artistas: questões atuais”, em realização desde 2015, com proposição e organização pelo Núcleo Educativo do museu. As conversas começam hoje e seguem nos dias 10 e 17, sempre 16h, no auditório do museu, com entrada gratuita.

Para este primeiro encontro, a convidada é a poeta Agnes Mariá, do Poetas Vivos e autora do livro independente “Nega diaba na cidade de Deus”. Ao seu lado Natália Pagot, autora do fanzine “Do inferno ao inverno” e organizadora da antologia “Vozes da revolução”, lançado em 2019. Também integra a conversa a jornalista, produtora cultural e livreira Nanni Rios. 

“Gostem ou não” tem o objetivo de trazer a público uma exposição sobre artistas mulheres no acervo do Margs, realizada pelas autoras do projeto “Mulheres nos Acervos” — que pesquisam a produção artística feminina nas coleções públicas de arte de Porto Alegre. Elas foram convidadas a desenvolver uma proposição curatorial-expositiva para o Margs.

Reflexões de integrantes do grupo

A mostra foi organizada a partir das investigações e reflexões das integrantes do grupo. No museu, a simultaneidade desta exposição e da individual de Mariza Carpes, que ocupam todas as salas expositivas do segundo pavimento do museu, foi concebida propositadamente.

A intenção foi criar um contexto preliminar para a chegada da 12ª Bienal do Mercosul, que a seguir, entre abril e julho deste ano, ocupará todo o Margs com uma edição voltada às relações entre arte e feminismo. As visitações seguem até dia 22, de terças a domingos, das 10h às 19h. 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895