"Mulher Maravilha" arrecada 652 milhões de dólares e bate recorde

"Mulher Maravilha" arrecada 652 milhões de dólares e bate recorde

Longa se torna o filme em live-action dirigido por uma mulher com a maior arrecadação da história do cinema

AE

Longa se torna o filme em live-action dirigido por uma mulher com a maior arrecadação da história do cinema

publicidade

Mulher Maravilha, da Warner Bros., é o primeiro filme dirigido por uma mulher, a cineasta Patty Jenkins, a ter um orçamento maior que 100 milhões de dólares. Em sua estreia, no começo de junho, se tornou também, a melhor estreia para um filme com uma mulher na direção. Agora, Jenkins assegura para si e para o longa mais um recorde.

Neste final de semana, Mulher Maravilha atingiu, mundialmente, a marca aproximada de 652 milhões de dólares arrecadados mundialmente. Com isso, o longa se torna o filme em live-action dirigido por uma mulher com a maior arrecadação da história do cinema, superando Mamma Mia! (2008), de Phyllida Lloyd, que arrecadou 609 milhões de dólares durante toda a sua temporada em cartaz. Os números são do site especializado Box Office Mojo.

No Twitter, Patty Jenkins foi informada da notícia pela atriz Connie Nielsen, a Rainha Hippolyta do longa, que se disse orgulhosa pelo filme. "Obrigada, minha querida amiga e rainha incrível", respondeu a cineasta. "Não poderia ter conseguido sem você. Sem todas vocês. Estou honrada em ser parte disso." Apesar da vitória na categoria de filmes live-action, com atores reais, Mulher Maravilha ainda está bem atrás, em bilheteria, de uma animação dirigida por uma mulher: Frozen - Uma Aventura Congelante, da Disney, de Jennifer Lee ao lado de Chris Buck, faturou mais de um bilhão de dólares.

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895