Oficina debateu tema do bullying com estudantes

Oficina debateu tema do bullying com estudantes

Atividade do projeto Ação Literária ocorreu na Escola Especial para Surdos Frei Pacífico

Oficina realizada na Escola Especial para Surdos Frei Pacífico, em Porto Alegre

publicidade

Às vésperas do 7 de abril, Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola, alunos da Escola Especial para Surdos Frei Pacífico, de Porto Alegre (RS), tiveram uma experiência marcante sobre o tema. Eles participaram de uma oficina de teatro e literatura liderada pelo ator e escritor Mar’Junior, criador do projeto Ação Literária, que distribui livros e promove inclusão junto a redes públicas de ensino. “Foi uma atividade espetacular, nos emocionamos juntos”, exalta a Orientadora Educacional da escola, Priscila de Abreu Bortoletti Nunes.

Em duas tardes de oficina, cerca de 30 estudantes do 6° a 9° ano foram instigados a pensar na criação de uma cena de teatro, criando personagens e diálogos. A comunicação entre o escritor e os alunos contou com a ajuda de uma tradutora de Libras (Língua Brasileira de Sinais). “Eles ficaram atentos a tudo que foi dito. Mar'Junior conseguiu que os alunos relatassem situações de suas vidas que não imaginavam ser bullying, e conseguiu que alguns alunos se posicionassem com soluções para as situações vividas. Foi realmente incrível! Foi lindo e certamente ficará gravado na memória de cada criança, adolescente e adulto que ali estava”, ressalta Priscila.

A inspiração para o trabalho são os três livros da série Pepita, de autoria de Mar'Junior, distribuídos dentro do projeto Ação Literária. Eles abordam a trajetória de superação da jovem Pepita, criando grande identificação com o público adolescente. A partir da trilogia, as oficinas são desenvolvidas, apresentando a técnica de adaptação de livros para o teatro. “Foi uma experiência única. Ver aqueles alunos criando as suas histórias e as interpretando dentro das suas possibilidades de expressão, não tem nada igual”, comemora Patrick Moraes, parceiro de Mar'unior na criação do projeto Ação Literária. A oficina também foi realizada na EMEF Presidente Vargas, em Porto Alegre.

Conforme informa a organização do projeto, ele é realizado através da Lei de Incentivo à Cultura nº 8313/91, o projeto Ação Literária – 3ª Edição envolve a produção, doação e distribuição de livros da série Pepita para bibliotecas, escolas públicas e privadas, além de ONGs de todo o país, com exemplares convencionais e em braile. No Rio Grande do Sul, foram enviados livros para escolas de Porto Alegre, Guarani das Missões, Montenegro, Santa Rosa e Santo Ângelo. O projeto engloba, ainda, as oficinas de teatro e literatura. “Temos uma preocupação em incluir todos os alunos, por isso já fazíamos as oficinas com tradutor de Libras. Agora demos um passo adiante, trabalhando diretamente com surdos”, declara Mar’Junior.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895