Oficina sobre videoclipe está com inscrições abertas

Oficina sobre videoclipe está com inscrições abertas

Curso começará no dia 30 de maio na CCMQ

Cleverton Borges é diretor, roteirista, produtor e técnico de som

publicidade

O Instituto Estadual de Cinema (Iecine) realiza mais uma oficina do projeto de capacitação profissional Revelando o Rio Grande. A Oficina Videoclipes conta com o designer de som Cleverton Borges como ministrante. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 27 de maio, pelo link na bio do Instagram @ieciners.

A atividade será realizada, presencialmente, de 30 de maio a 10 de junho (de segunda a sexta-feira), das 9h às 12h, no auditório Luiz Cosme, localizado no 4º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736), Centro Histórico de Porto Alegre. “A proposta é abordar as etapas de produção de um videoclipe, saindo da ideia do papel para o videoclipe pronto. Vamos demonstrar como alinhar a música ao vídeo, buscando traços singulares na obra, que ajudem a ressaltar a temática da música alinhada ao vídeo. Analisaremos o impacto da MTV, Michael Jackson na indústria de videoclipes e a forma como as premiações televisivas de videoclipe aqueceram esse mercado”, declara Cleverton.

O projeto Revelando o Rio Grande é uma realização da Sedac, por intermédio de convênio com o Ministério do Turismo, através da Secretaria Especial da Cultura do governo federal, com apoio do Instituto Estadual de Música, da Casa de Cultura Mario Quintana (equipamentos de Cultura da Sedac) e do Sistema Estadual de Cultura.

Ministrante - Cleverton Borges é formado em Produção Audiovisual pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Diretor, roteirista, técnico de som e produtor, dirigiu os videoclipes da artista Cristal. Trabalha no setor audiovisual desde 2014, onde atua em projetos marcantes como o filme "O Caso do Homem Errado"  (2016), da diretora Camila de Moraes; "A Palestina brasileira" (2017), do diretor Omar L. de Barros; e "A Tomada da Casa do Povo" (2015), do diretor Alexandre Guilhão.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895