Os melhores filmes pela crítica gaúcha

Os melhores filmes pela crítica gaúcha

Votação da Associação de Críticos de Cinema do RS (ACCIRS) foi divulgada ontem

Filme ‘Aos Olhos de Ernesto’, com Gabriela Poester e Jorge Bolani

publicidade

Foi divulgada ontem a lista dos melhores filmes de 2020 eleitos pela Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (ACCIRS), em diferentes categorias. Na categoria Melhor Longa-metragem Gaúcho, o eleito foi “Aos Olhos de Ernesto”, dirigido pela cineasta Ana Luiza Azevedo, que também assina o roteiro ao lado de Jorge Furtado. Este drama é protagonizado pelo ator uruguaio Jorge Bolani, que interpreta um viúvo que mora sozinho e está perdendo a visão. Ele começa a conversar com uma jovem passeadora de cães que passa a frequentar seu prédio, personagem vivida pela atriz Gabriela Poester. Uma inesperada amizade nasce entre eles. 
Na categoria Melhor Longa-metragem Estrangeiro, venceu “Retrato de uma Jovem em Chamas”, de Céline Sciamma. Ambientado na França do século XVIII, este drama aborda a impossibilidade das mulheres decidirem sobre seu destino em um período em que os casamentos eram arranjados. 
Na categoria longa-metragem brasileiro, houve empate entre “Pacarrete”, de Allan Deberton, e “Sertânia”, de Geraldo Sarno. O Destaque Gaúcho - Prêmio Luís César Cozzati também teve dois ganhadores: Coletivo Macumba Lab e Coletivo Mbyá-Guarani de Cinema.
Na categoria curta-metragem gaúcho, o ganhador foi “Construção”, dirigido por Leonardo da Rosa (Pelotas), que já havia sido destaque no Festival de Cinema de Gramado do ano passado, tendo a questão da falta de moradia seu ponto central. Após uma mãe e seus filhos serem despejados, ela resolve construir a própria casa. 
Participam da associação jornalistas da área de Cultura, professores universitários e pesquisadores. Do Correio do Povo, votaram os jornalistas Adriana Androvandi, Chico Izidro e Marcos Santuario.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895