Polanski cancela ida à escola de cinema em que estudou após protestos de alunos

Polanski cancela ida à escola de cinema em que estudou após protestos de alunos

Cineasta é acusado de estupro ou agressão sexual contra mulheres

AE

Polanski participou da gala do European Cinema Forum Cinergia, em Lodz, onde recebeu a estatueta Glan de Oro

publicidade

Roman Polanski cancelou uma visita planejada neste sábado, 30, à escola de cinema em que estudou, após críticas de um grupo de estudantes pelas acusações de estupro contra o cineasta. "A pedido de Roman Polanski, a reunião na Escola de Cinema de Lodz, que seria realizada no sábado, 30 de novembro, foi cancelada", afirmou o estabelecimento em comunicado.

Na sexta-feira, Polanski participou da gala do European Cinema Forum Cinergia, em Lodz, onde recebeu a estatueta Glan de Oro, que premia "cineastas rebeldes que vão contra o fluxo da moda e das tendências". Lá, ele apresentou seu último filme, "Eu acuso".

O reitor da escola de cinema, Mariusz Grzegorzek, declarou na premiação que "99% dos estudantes aguardam sua visita". Polanski está sendo processado pelos Estados Unidos por sexo ilegal com uma garota de 13 anos de idade, há 40 anos.

Acusado de estupro ou agressão quatro vezes por outras mulheres, o diretor de cinema foi recentemente acusado por uma fotógrafa francesa, Valentine Monnier, que afirma ter sido espancada e estuprada pelo diretor em 1975, aos 18 anos. Polanski nega a acusação.


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quinta-feira, dia 25 de julho de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895