Projeto Kombina apresenta “Saco de Brinquedos”

Projeto Kombina apresenta “Saco de Brinquedos”

Iniciativa virtual e audiovisual incursiona no universo do escritor Carlos Urbim

Vera Pinto

Cruzamento de ideias, pessoas, linguagens e artes contribuem para construção de espaço onírico

publicidade

“Saco de Brinquedos”, o novo “Kruzo’ do projeto Kombina, propõe uma visita poética e criativa no “universo urbiniano”, tendo como pano de fundo “O Avô Aprendiz”, livro que Carlos Urbim escreveu e ilustrou a mão livre. Usando elementos do universo virtual e recursos audiovisuais, quatro atores exploram as obras, poemas e imagens, interagindo com as palavras construindo em um espaço onírico, onde sonho e realidade se fundem. As apresentações ocorrem neste final de semana, às 17h, pelo Zoom. Ingressos e informações, pela plataforma Sympla. Há ingressos solidários e criativos, onde o público contribui conforme suas possibilidades. 

Trata-se de um convite para conhecer as invenções do escritor Carlos Urbim a partir desta homenagem da escritora Chris Dias, com fotos de Gilberto Perin. No elenco estão a bailarina e coreógrafa Tatiane Tomazzoni; a atriz, cantora e bailarina Natasha Vilar, que utiliza elementos de sapateado; o ator e bailarino Vinicius Zurawski ; e o educador social e brincante Mauricio Alves.
 
Sobre o projeto Kruzo:
Um kruzo é um espetáculo? Esta pergunta norteia o projeto criado pela Kombina, de Chris Dias, que estreou com sucesso nas plataformas digitais o primeiro ‘kruzo’, “Ubuntu Resiste!”, e terá seguimento com “Saco de Brinquedos”, livremente inspirado na obra de Carlos Urbim, “Caleidoscópicas”, abordando o tema do machismo estrutural, e “Vaga-lumes”, com a atriz Laura Medina e a cantora Adriana Deffenti.
 
Um cruzamento de ideias, pessoas, linguagens e artes. Assim o projeto Kombina está construindo espetáculos/performances denominados kruzos, com K, fazendo uma referencia à Kombi que deu origem ao projeto Kombina e seu ponto de cultura móvel, que por mais de 5 anos circulou pela cidade, pelo estado e pelo Uruguai levando artes integradas e a importância do brincar na construção de uma comunidade conectada com a expressão artística. “Impossibilitados de andar pelas ruas criamos esses kruzos que transitam de casa para casa levando o lúdico e a potência de temas tratados artisticamente” afirma a escritora Chris Dias. Todos os kruzos produzidos pelo Projeto Kombina são ao vivo e contam com bate-papo, após as apresentações.
 
 
 
 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895