Remake de "O Testamento do Dr. Mabuse" será exibido em Porto Alegre nesta sexta
capa

Remake de "O Testamento do Dr. Mabuse" será exibido em Porto Alegre nesta sexta

Filme é atração do Projeto Raros, que ocorre na Cinemateca Capitólio

Por
Correio do Povo

Produção é uma refilmagem do clássico alemão de Fritz Lang, lançado em 1933

publicidade

Com o objetivo de trazer títulos incomuns nas salas de cinema de Porto Alegre, o Projeto Raros apresenta o remake do clássico "O testamento do Dr. Mabuse". Com projeção digital e legenda em inglês, o filme será exibido nesta sexta-feira, às 20h, na Cinemateca Capitólio Petrobras (rua Demétrio Ribeiro, 1085). Após a exibição, a sessão também irá oferecer um debate com o crítico Carlos Thomaz Albornoz e a pesquisadora Janaína Gamba, que dedica o doutorado à trilogia Dr. Mabuse de Fritz Lang. Todas as atividades têm entrada gratuita.

"O Testamento do Dr. Mabuse", dirigido por Werner Kingles, acompanha uma onda misteriosa de crimes invande a capital da Alemanha. Enloquecido com toda a situação, o inspetor de polícia responsável pelas investigações perde a sanidade quando todas as pistas levam ao Dr. Mabuse, um gênio do crime que está internado há muitos anos num hospital para doentes mentais e em estado catatônico. A produção é uma refilmagem do clássico alemão de Fritz Lang, lançado em 1933.

Procurando reproduzir o espírito das "midnights movies", realizadas em Nova Iorque a partir do final dos anos 1960, o projeto Raros exibe titúlos nunca lançados no Brasil, ou que estão fora de circulação há muito tempo. Desde 2017, em função da reforma da Usina do Gasômetro, a Cinemateca Capitólio Petrobras passou a abrigar o projeto. Cada filme é apresentado uma única vez, nas noites de sexta-feira, e as sessões são comentadas.