Reuters e Universidade de Oxford: Record é a TV que brasileiros mais confiam

Reuters e Universidade de Oxford: Record é a TV que brasileiros mais confiam

índice de confiança ao Grupo Record, com Record TV, Record News e R7.com, chegou a 68% quando somados dois grupos, um que confia totalmente (26%) e outro parcialmente (42%)

R7

Pesquisa ouviu, por telefone, entre maio e junho, duas mil pessoas

publicidade

O jornalismo da Record está comemorando os resultados de uma pesquisa apresentada pelo Reuters Institute e University of Oxford, que avaliou o desempenho de todos os órgãos de imprensa brasileiros.

Consequência também direta de um trabalho que ocupa mais de 12 horas da sua programação, nas três faixas do dia. De acordo com o novo relatório, a Record é o veículo de mídia que os brasileiros mais confiam. O índice foi revelado pelo Instituto Reuters para Estudo do Jornalismo, que usou no Brasil dados do Datafolha.  

O Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo divulgou o novo relatório do Projeto Trust in News, sobre confiança nas notícias, com pesquisas realizadas no Brasil, Índia, Estados Unidos e Reino Unido.

Dentre os dados revelados pelo estudo, a informação que o Grupo Record, com Record TV, Record News e R7.com, é o veículo de mídia com maior nível de confiança do Brasil, superando emissoras de TV, jornais impressos e sites de notícias, com um índice que chega a 68%, quando somados dois grupos, um que confia totalmente (26%) e outro parcialmente (42%).

A pesquisa, realizada no Brasil pelo Datafolha, ouviu, por telefone, entre maio e junho, duas mil pessoas. O trabalho, segundo o Instituto, visa compreender como diferentes segmentos têm diferentes graus de confiança nas notícias e, assim, ajudar aqueles que estão interessados em conquistar a confiança deste público.

De acordo com o mesmo relatório, Band e SBT aparecem em segundo lugar, empatados com um total de 64%. Por sua vez, a Globo, com TV Globo, Globo News e G1, ocupa a terceira posição, com 59% de índice de confiança. O jornal O Globo ficou em quarto, ao obter 58%. A CNN Brasil registrou 53%, em quinto.

Com 50%, a Folha de S. Paulo alcançou a sexta posição. Do mesmo grupo, o Portal UOL vem na sequência, em sétimo, com 49%. O Estado de S. Paulo ocupou a oitava posição com 46%. Registrando 44%, a BBC Brasil foi a nona colocada. O jornal Extra e a TV Brasil empataram na décima posição, ambas com 42%.

A pesquisa ainda mostrou os índices de Antagonista, Terça Livre e Brasil 247, todos com aproximadamente 20%.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895