Sandy e Junior: relembre a história de 30 anos de carreira da dupla
capa

Sandy e Junior: relembre a história de 30 anos de carreira da dupla

Irmãos anunciaram nesta quarta-feira detalhes sobre turnê comemorativa

Por
R7

Influenciados pela família de músicos, os irmãos começaram a carreira logo cedo

publicidade

Sandy e Junior vão se apresentar juntos novamente para comemorar 30 anos do início da dupla. E o dia escolhido para anunciar a novidade foi esta quarta-feira, data da primeira apresentação dos dois em um programa de televisão. Além da turnê nacional, também está previsto a gravação de um DVD com o show especial. Para fazer um "esquenta" para os espetáculos, relembre a história dos irmãos que ainda são sinônimo de sucesso:

Os irmãos nasceram em Campinas (SP): Sandy Leah Lima, no dia 28 de janeiro de 1983, e Durval de Lima Junior, no dia 11 de abril de 1984. Influenciados pela família de músicos, principalmente, a dupla formada pelo tio Chitãozinho e o pai, Xororó, Sandy e Junior seguiram carreira artística logo cedo.

Ainda crianças, os irmãos surpreenderam o público após uma aparição no extinto programa "Som Brasil" (Globo), em 1989, onde cantaram "Maria Chiquinha". A partir daí, o sucesso nacional foi inevitável. Após a apresentação na TV, eles deram início à gravação do primeiro álbum, "Aniversário do Tatu" (1991). A estreia, que trazia influências sertanejas, recebeu disco de ouro.

A partir do terceiro disco, “Tô Ligado em Você” (1993), a dupla passou a apresentar influência de outros estilos musicais, principalmente, o pop rock. Mas foi em 1999 que eles atingiram o auge do sucesso com o lançamento do álbum "As Quatro Estações", que trouxe hits como "Imortal", "Olha o Que o Amor Me Faz" e a música título do projeto.

Em 2001, eles se apresentaram para 250 mil pessoas na terceira edição do festival Rock in Rio. O sucesso da dupla no Brasil atraiu a atenção do gerente da Universal Music em Londres, que teve a iniciativa de lançá-los no mercado gringo. O resultado foi o CD Internacional (2002), que teve como carro-chefe “Love Never Fails”.

Considerados os artistas jovens mais importantes do Brasil naquele momento, Sandy e Junior foi a primeira dupla brasileira a levar 70 mil pessoas ao estádio do Maracanã (Rio), em 2002. No mesmo ano, os cantores lançaram o CD e DVD "Ao Vivo no Maracanã".

Em abril de 2007, os irmãos anunciaram a separação após dezessete anos de carreira em dupla. E, em junho do mesmo ano, gravaram o CD/DVD "Acústico MTV" — o último projeto em conjunto. A dupla, que continuou na ativa até o final daquele ano, realizou uma grande turnê de despedida pelo Brasil, que se encerrou no dia 18 de dezembro.

Com o fim da dupla, cada artista seguiu carreira solo. Sandy lançou CDs mostrando um estilo mais próximo da MPB. Já Junior montou alguns grupos e projetos eletrônicos multi-instrumentais, além de ter ganho espaço como produtor musical.