Schwarzenegger e Linda Hamilton estão de volta em "O Exterminador do Futuro: Destino sombrio”
capa

Schwarzenegger e Linda Hamilton estão de volta em "O Exterminador do Futuro: Destino sombrio”

Novo filme remonta os eventos do segundo filme da saga, lançado nos anos 1990

Por
Correio do Povo

Novo filme da saga promete cenas de tirar o fôlego

publicidade

Esta quinta-feira terá uma viagem ao tempo de uma das franquias mais conhecidas do cinema. Arnold Schwarzenegger (T-800) e Linda Hamilton (Sarah Connor) retornam às telas em "O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio”. O filme é dirigido por Tim Miller e remonta os eventos do segundo capítulo da saga, “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final”, que teve estreia em 1991.

O enredo do novo filme não traz grandes mudanças na comparação com os anteriores. A produção aposta na nostalgia, utilizando de artifícios já conhecidos de quem é fã da história de ficção científica, com muitos recursos tecnológicos e diversas cenas de tirar o fôlego. Na trama, Schwarzenegger, Connor e Grace (Mackenzie Davis) serão fundamentais para proteger a jovem Dani Ramos (Natalia Reyes) de um novo Exterminador (Gabriel Luna), que volta do futuro com o objetivo de exterminá-la.

Críticas

"O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio" até o momento não tem tido grande impacto entre a crítica especializada. No site Metacritic, o filme acumula nota geral de 54, em uma escala de 0 a 100. O jornal São Francisco Chronicle atribuiu 28 pontos à produção, afirmando que o longa não soube aproveitar bem a imagem dos personagens principais. "No final, a grande falha da produção foi que os cineastas não confiavam no que tinham. Eles não confiavam em quanto o público gosta de Linda Hamilton e Arnold Schwarzenegger. Eles não confiaram no interesse de seu público o suficiente para deixar o filme respirar" argumenta o veículo.

O site de entretenimento Wrap, no entanto, foi positivo em sua crítica, com nota 94, ressaltando o paralelo entre presente e passado da franquia. "O filme funciona de qualquer maneira, levando a história dos dois primeiros filmes a uma conclusão satisfatória, enquanto reintroduz a história clássica, de maneiras novas e empolgantes", diz o veículo.