Sucessos do sertanejo e do samba embalam o Dia dos Pais

Sucessos do sertanejo e do samba embalam o Dia dos Pais

Daniel, Michel Teló e Zeca Pagodinho, entre outros, fazem lives neste domingo

Por
Vera Pinto

Após o sucesso da live no Dia das Mães, Zeca Pagodinho presta homenagem aos pais, neste domingo, a partir das 17h


publicidade

“Daniel em Casa – Especial Dia dos Pais” é a live do cantor sertanejo, que pretende reunir as filhas Lara e Luiza e o pai, José Camilo, a partir das 13h, em seu canal oficial do YouTube. Ele sempre falou publicamente da importância da família e do pai em sua trajetória pessoal e profissional: ambos gravaram e interpretaram músicas juntos, nos álbuns “Meu Reino Encantado”. 

Sucessos como a música que dá nome ao projeto, além de “Encanto da Natureza”, “Mundo Velho”, “Rolinha Cabocla”, estarão presentes no setlist. Vai ser um pai homenageando o outro. Um momento de muita alegria para mim, contar com meu pai, cantar com ele”, comemora o cantor. A música de Michel Teló aliada a dicas de churrasco do especialista Netão, embaixador das marcas Marfrig é o mote da live que ocorrerá a partir das 14h, pelo YouTube Netão Bom Beef. Já Lucas Reis e Thacio, uma das duplas de violas mais promissoras do país, promovem “À Moda Antiga”, às 14h30min, em seu canal do Youtube. Em sua segunda live, eles irão apresentar os clássicos sertanejos, os famosos modões, além de contemplar as faixas divulgadas no #SemFiltro, como a inédita “Se Eu Te Pedir com Carinho” que recém chegou aos aplicativos de música. 

Após o sucesso da live feita no Dia das Mães, com mais de 4 milhões de visualizações, Zeca Pagodinho vai homenagear os pais, em mais uma apresentação ao vivo, a partir das 17h, em seu canal oficial do YouTube. Sob a direção musical de Paulão Sete Cordas, o sambista irá cantar os sucessos de sua carreira e clássicos do estilo. “Coração em Desalinho”, “Vai Vadiar”, “Verdade”, “Judia de Mim”, “Isolado no Mundo”, “Deixa a Vida Me Levar”, “Quando a Gira Girou” estão no programa, além dos memoráveis”, “Eu Sou o Samba”, “Opinião”, “Diz que Fui por Aí”, “O Mundo é um Moinho” e “Preciso Me Encontrar”. Ele estará acompanhado de Paulão Sete Cordas (violão), Vitor Motta (sopros), Alessandro Cardoso (cavaquinho), Marcos Esguleba, Jaguara e Ura (percussão), todos mantendo o distanciamento recomendado pelas autoridades sanitárias. Às 14h, o sambista Xande de Pilares fará a live “Samba no Morro”, com repertório surpresa, mas que certamente terá os clássicos “Clareou”, “Tá Escrito”, “Lugarzinho”, “Gratidão” e “Brincadeira tem hora”, entre muitos outros.