Villeroy faz retrospectiva de sua carreira em show em Porto Alegre
capa

Villeroy faz retrospectiva de sua carreira em show em Porto Alegre

Cantor se apresenta hoje no Teatro Renascença

Por
Correio do Povo

Villeroy acumula quase 40 anos de carreira musical


publicidade

Antonio Villeroy leva para o palco do Teatro Renascença (avenida Erico Verissimo, 307), nesta quinta-feira, às 21h, o espetáculo “Luz Acesa”, repleto de canções de sua autoria que fizeram sucesso ao longo dos seus 38 anos de carreira. Acompanhado de piano, violões e baixo, o “cantautor” relembra “Garganta”, “Amores Possíveis”, “Pra Rua Me Levar”. A canção título do show, “Luz Acesa”, foi composta com Ana Carolina, sua amiga e parceira musical. 

Além de seus clássicos, o público poderá conferir canções inéditas, como “Equador”, composta em Lisboa com a artista portuguesa Luísa Sobral, e “Soy La Mujer De Mi Vida”, escrita em Madrid, com a venezuelana Georgina. “Nesse show, faço uma retrospectiva dos quase 40 anos de dedicação à música. Escolhi 18 canções de um repertório de quase 400 músicas”, diz Villeroy.

Também no repertório estão “Moda de Sangue”, de Jerônimo Jardim e Ivaldo Roque, e “Que Reste-t-il de Nos Amours”, de Charles Trenet, que tiveram importância fundamental na vida do artista. A apresentação terá cenário, projeções e uma iluminação concebida por Marga Ferreira, e contará com participações de Paola Kirst (voz) e Bernardo Zubaran (harmônica).

Villeroy divulgou que, dentro da ideia de retrospectiva de carreira, foi incorporado ao time de instrumentos um violão Ovation 1613 e um Chorus Boss Ensemble, dois equipamentos vintage, que ele usou de 1983 a 1987. Completam o time de instrumentos, um violão de nylon Zaganini com pedal Eletro-Harmonix multi-efeitos, um violão de aço Godin e um piano Yamaha.

“Luz Acesa” vem percorrendo cidades desde o ano passado, com passagens por praias, como Atlântida, Porto Alegre, Recife e São Paulo. Em abril, Villeroy segue para nova turnê pela Europa, onde realizará 12 apresentações de “Luz Acesa” em cidades de Portugal, França, Áustria e Holanda.


A agenda também incluirá duas apresentações na Áustria do novo projeto chamado “Tribute to João Gilberto”, no qual ele interpreta clássicos da música brasileira e internacional que foram eternizados pelo criador da Bossa Nova.