"Yonlu" entra em cartaz na Cinemateca Capitólio
capa

"Yonlu" entra em cartaz na Cinemateca Capitólio

Filme conta a história real de um jovem porto-alegrense<br />

Por
Correio do Povo

Filme foi premiado em diversos festivais do país e foi exibido fora de competição do Festival de Cinema de Gramado

publicidade

A partir desta quarta-feira, "Yonlu" entra em cartaz na Cinemateca Capitólio Petrobras (rua Demétrio Ribeiro, 1085), em Porto Alegre. Com direção de Hique Montari, a elogiada produção gaúcha foi premiada em diversos festivais do país e exibida fora de competição do Festival de Cinema de Gramado. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 16 (inteira) e as sessões ocorrem às 16h.

A trama aborda a história real de um jovem que transmitiu ao vivo a própria morte. Vinícius Gageiro, mais conhecido como Yonlu,  era fluente em quatro idomas e admirado na internet por seu trabalho como poeta, músico e desenhista. Em 2006, quando tinha apenas 16 anos, ele decidiu dar fim à vida depois de ingressar em uma comunidade virtual de assistência para potenciais suicidas.

Além disso, a progamação da Cinemateca Capitólio também conta com "Takara - A Noite em que que Nadei", "Histórias Que Nosso Cinema (Não) Contava" que seguem em exibição até o dia 26 de setembro. No primeiro título, é contada a inesperada aventura de um menino de seis anos a caminho da escola nas montanhas nevadas do Japão. Já o segundo, é um documentário que traz uma releitura dos anos 1970 do Brasil através de imagens e sons de filmes populares da época.