50 anos de atuação do Conrerp4 em prol da sociedade

50 anos de atuação do Conrerp4 em prol da sociedade

Por Luiz Fernando Muñoz*

Luiz Fernando Muñoz

publicidade

O dia 19 de maio de 2022 é um dia histórico e especial para o Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas da 4ª Região. Completamos 50 anos de história e de muitas atividades. Somos uma autarquia federal que integra o Sistema Conferp (Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas) e que tem por finalidade regular a profissão de Relações Públicas, nos estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

O surgimento e existência dos conselhos profissionais em nosso país se dá pela necessidade de resguardar a sociedade do correto exercício das profissões, evitando que pessoas sem habilitação e qualificação exerçam ilegalmente as que são regulamentadas por lei. Além da questão da fiscalização, também tem a questão educativa e de valorização da profissão e do profissional. Em meio a tantas transformações sociais, faz-se necessário comunicar às organizações o que as relações públicas têm a oferecer.
Atualmente, temos levado a Campanha RP Valor Estratégico e Social para as Organizações para a iniciativa privada, poder público e entidades de classe, mostrando o potencial de se desenvolver atividades de relações públicas para contribuir com os objetivos institucionais e políticos das empresas e instituições.

Este cinquentenário está sendo celebrado com entusiasmo pela atual gestão (2022-2025), seus registrados, colaboradores e parceiros. Uma série de atividades alusivas à data, como homenagens, memória, confraternizações e eventos de formação continuada, está na programação. Esta semana recebemos uma homenagem na Câmara de Vereadores de Porto Alegre por proposição do vereador Ramiro Rosário. Contamos com muito prestígio dos colegas, autoridades e lideranças, com discursos e manifestações que enalteceram a trajetória do Conrerp4 na missão de buscar o reconhecimento, respeito e valorização da profissão. No mesmo dia, inauguramos a nova Galeria dos Presidentes, o que contribui na preservação da memória da instituição.

A partir do Decreto-lei 860, de 11 de setembro de 1969, foi permitida a criação dos órgãos regionais, como o Conrerp4. A este fato atribui-se o pioneirismo no mundo, pois o Brasil é o primeiro país a regulamentar a profissão. Também se destaca o fato de ser a única carreira da comunicação social a possuir regulamentação e conselho. E, a partir dessa conquista, vemos a oportunidade de agregar mais profissões e está na pauta e já em conversas com diversos profissionais a possibilidade de criação de um conselho único de comunicação social. Quem sabe ali na frente isso possa se tornar uma realidade.

Presidente Conrerp4*


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895