PIB em alta e o novo momento do RS

PIB em alta e o novo momento do RS

Por Edson Brum*

Edson Brum

publicidade

O Rio Grande do Sul acumulou alta de 10,4% no Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, desempenho superior ao brasileiro, que atingiu 4,6% no mesmo período. O maior crescimento já registrado dentro da série histórica iniciada em 2002 foi impulsionado, especialmente, pela expansão na agropecuária, 67,5%, e na indústria, 9,7%.

Os números consolidam a transformação e o novo momento que vive o RS. Essa retomada econômica passa, diretamente, pela assertividade das políticas públicas do governo gaúcho, com a implementação de reformas que permitiram o ajuste das contas e a recuperação da capacidade de investimentos.

Nesse cenário, os diversos programas coordenados pela nossa Secretaria de Desenvolvimento Econômico foram decisivos para o progresso na atividade industrial. Com a aprovação de nova legislação, desburocratizamos e modernizamos mecanismos de incentivo, como o Fundopem-RS e o Programa Estadual de Desenvolvimento Industrial (Proedi), que possibilitaram a ampliação ou instalação de indústrias em nosso Estado. Em 2021, foram mais de R$ 6 bilhões em investimentos que geraram 13,1 mil novos empregos.

Lançamos o Juro Zero, programa que destinou R$ 100 milhões para subsidiar os juros para MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte investirem. Em 35 dias de operações, houve mais de 16 mil solicitações de financiamentos, o que representa aproximadamente R$ 440 milhões.

Além disso, criamos o RS Garanti, o Programa de Capacitação de Agentes Municipais de Desenvolvimento, e o Tudo Fácil Empresas, que permite a abertura de empresa em 10 minutos. Ao mesmo tempo, nossos bancos de fomento, Badesul e BRDE, financiaram mais de R$ 1,84 bilhão em investimentos privados em 2021.

Por meio do governo do Estado, também atuamos pela diminuição de impostos para o aço para instalação de silos, zeramos a alíquota de ICMS para a importação de milho e extinguimos o Diferencial de Alíquota (Difal), o “imposto de fronteira”.

A continuidade dessas políticas públicas aliada à capacidade dos empreendedores cria um ambiente propício para o RS seguir avançando.

Secretário de Desenvolvimento Econômico do RS*


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895