South Summit: a transformação que queremos para Porto Alegre

South Summit: a transformação que queremos para Porto Alegre

Por Sebastião Melo*

Sebastião Melo

publicidade

Inovação pode ser uma palavra de significado distante da rotina de boa parte da população na nossa cidade, no Brasil e no mundo. Qual a importância, então, de Porto Alegre se consolidar nesse mapa internacional ao receber a primeira edição do South Summit fora da Europa? “Transformação” é a resposta. Contribuir para melhorar a realidade é o papel essencial da inovação, que vem se constituindo na estratégia de desenvolvimento econômico e social mais impactante em comunidades. E a nossa capital gaúcha recebe a partir de hoje, resultado de uma ação integrada sob liderança do governo estadual, com prefeitura, universidades e setor produtivo, mais de 10 mil profissionais, visitantes e investidores de 76 países.

A cidade está pronta porque trilhou um longo caminho de acúmulo de conhecimento, entregas e avanços, apostando em pesquisa, tecnologia, criatividade e empreendedorismo, formando talentos e oportunizando o nascimento de novos negócios adequados às mudanças da economia e das necessidades de soluções em um mundo cada vez mais digital. Durante três dias, startups terão contato com investidores do mundo todo e essa é uma janela concreta de oportunidade para o celeiro de talentos que a capital gaúcha e o Rio Grande se tornaram. Serão 80 fundos de investimentos nacionais e internacionais com um total superior a 62 bilhões de dólares para aplicar em negócios que não serão rentáveis e transformadores apenas para os empreendedores envolvidos.

Cada acordo fechado e cada parceria estabelecida terão como consequência um conjunto de benefícios que de forma direta e indireta serão colhidos por todos: geração de emprego e renda, movimentação da economia, arrecadação de impostos e, essencialmente, construção de soluções para transformação social. Se queremos ser uma cidade inteligente e digital, usando a tecnologia em favor do cidadão, precisamos da inovação. O transporte coletivo precisa da inovação. A segurança urbana precisa da inovação. A desburocratização da máquina pública precisa da inovação. O acesso a serviços de saúde no SUS, como consultas e cirurgias, precisa da inovação. E, se conseguirmos estimular que essa revolução se fortaleça dentro da nossa cidade, mais perto estaremos de melhorar a vida das pessoas. Acelerar esse processo pode ser o mais importante legado do South Summit para Porto Alegre.

Prefeito de Porto Alegre*


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895