Grinding

Grinding

Trio lança seu novo single, “Phoenix”, em todas as plataformas digitais

Ana Lécia de Oliveira

Banda também trabalha na finalização de seu EP

publicidade

O power trio Grinding acaba de lançar em todas as plataformas digitais seu novo single, “Phoenix”. Vindos de um ano extremamente produtivo, Gilberto Silveira (guitarra/vocal), Crusch (bateria) e Leandro Thimmig da Costa (baixo) iniciam 2022 com material inédito e trabalham agora na finalização do vindouro EP. O grupo destaca que pratica um Metal livre de amarras estilísticas, transitando por vários estilos com uma legítima pegada pesada e carregada de feeling, traduzindo mais de três décadas de experiência somadas às suas inúmeras influências.

O single anterior, “Paradox”, já dava uma amostra do que viria a seguir, como conta Gilberto Silveira: “Com 'Paradox', conseguimos mostrar um pouco dessa nossa trajetória, sem nos prendermos a nenhum subgênero especifico do Metal. Acreditamos que devemos ser livres para criar, sem nos preocuparmos como vamos soar. Com 'Phoenix', estamos inclusive mais 'soltos', o que deve refletir nas músicas seguintes”.

Gravado no estúdio LST Records, em dezembro de 2020 e janeiro de 2021, “Phoenix” fala basicamente de como é possível ressurgir das cinzas e se adaptar aos percalços da vida. “Escolhemos este tema para justamente dizer que tudo é possível, e que não devemos desistir de nossos objetivos. “Phoenix” é uma música que fala de superação... mais especificamente do velho e bom: desistir jamais! O significado seria: se tiver que morrer que seja lutando!", destaca Gilberto. "O fato de ser 'Phoenix' é uma referência à ave que renasce das cinzas, ou seja, apesar das inúmeras e mortais porradas que já levamos na vida, sempre conseguimos superar os problemas e renascer mais fortes do que nunca”, completa. Segundo o vocalista, a capa, criada por Everson Krentz, reflete este pensamento de renascimento e de não desistir.

Ouça “Phoenix” no Spotify

Veja também no YouTube

Leia os demais posts do blog

Curta o Cena Rock também no Facebook e no Instagram

 

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895