Segregatorum

Segregatorum

Grupo de Bento Gonçalves lança lyric vídeo do single “Nourished Wounds”

Por
Chico Izidro

A banda lançará o disco “Lemarchand’s Dominus” em março de 2020


publicidade

A banda de Death/Doom Metal Segregatorum, fundada em 2016 em Bento Gonçalves, entrou neste ano em estúdio para gravar seu primeiro full length, intitulado “Lemarchand’s Dominus”, mixado e masterizado por Ernani Savaris da SoundStorm Studiom e que será lançado em março de 2020. O álbum terá 10 faixas, sendo três faixas remasterizadas do primeiro EP e sete faixas inéditas.
 
Antes do álbum, porém, Lucas A. Lazzarotto (vocal), Igor Alves Bidigaray e Luiz Felipe Dias Flores (guitarras), Lucas Carbonera (baixo) e Carlos Acosta (bateria) lançam o single para a música “Nourished Wounds (Elysium Part I)”, também disponibilizada em formato de lyric vídeo.

De acordo com Lazzarotto, a música “traz em sua letra um dos conceitos centrais da temática, evidenciada em todo álbum, que são as imperfeições, falhas e corrupções humanas, mais precisamente os sete pecados capitais, juntamente com as práticas pecaminosas realizadas pelo ser humano, em que a letra cita, que é um ritual que cometemos (in)voluntariamente e praticamente a todo momento, juntamente com a sua busca insaciável pelo prazer carnal, fazendo referência também ao filme 'Hellraiser', dirigido e produzido por Clive Barker”.

Com “Nourished Wounds”, a Segregatorum busca iniciar uma nova etapa na carreira. O mix de influências é explicado em detalhes por Lazzarotto, que também fala sobre a estrutura da música e seus variados detalhes. “A estrutura da música começa com um clima de mistério, pois precisávamos de uma introdução que prendesse o ouvinte até o momento em que o riff introdutório ganhasse corpo, um riff que buscamos relembrar o peso e os épicos riffs do Candlemass", explica, lembrando a banda sueca. Já o vocal do refrão é rasgado e agressivo, tipo Enthroned, Marduk e Carcass, enquanto o riff do instrumental é pesado e melódico, mas empolgante, relembrando bandas de Death Metal como Hypocrisy e Bloodbath.

A banda já tem um EP, intitulado “Death Bells”, lançado em 2017, em que apresentou uma temática sombria e misteriosa, referente às imperfeições, falhas e corrupções humanas, com letras descrevendo os sete pecados capitais.

O termo “segregatorum” descende do Latim e significa “isolado”, fazendo menção às pessoas individualistas, que vivem para si mesmas. Mas primeiramente o nome da banda surgiu da música “Isolate”, do Paradise Lost, uma grande influência para todos os integrantes.

Assista ao lyric vídeo:
https://youtu.be/siahEqk3ua4

Leia os demais posts do blog


Curta o Cena Rock também no Facebook e no Instagram