A volta do Dolittle
capa

A volta do Dolittle

O longa “Dolittle”, que traz o ator Robert Downey Jr. no papel principal, é baseado no clássico personagem da série de livros do britânico Hugh Lofting

Por
Marcos Santuario


publicidade

Quem conhece a estória vai querer rever. Escrito e dirigido por Stephen Gaghan, o mesmo de "Syriana", protagonizado por Goerge Clloney em 2006, “Dolittle” traz o ator Robert Downey Jr. no papel principal,  baseado no clássico personagem da série de livros do britânico Hugh Lofting. Com sua marca própria de jeitos e trejeitos, Downey Jr. é um doutor Dolittle que mantém a tradição de falar com os animais. Ele que começa a trama recluso, tem a chama da aventura novamente acesa, embarca em busca do improvável e retorna tal Sherlock Holmes, resolvendo mais um caso. Simples e intenso assim.

O filme deve encantar muito o público infantil, pois a trama, algo pueril, tem momentos de aventura e de drama, mas não constrói dramaticidade capaz de criar desconfortos em sentimentos delicados. As interlocuções com os animais são sempre o ponto alto da produção, e da obra original em si. Para tanto, o elenco de peso nas vozes originais dos personagens, já é uma atração à parte: estão entre eles Emma Thompson, Rami Malek , Octavia Spencer, Ralph Fiennes e Selena Gomez. Tem ainda uma atuação a la Jack Sparrow (lembra?), de um Antonio Banderas delirante e cômico.


Não se pode esperar grande profundidade, mas há algo de mensagem humana nesta trama em que os animais ganham um primeiro plano. Efeitos especiais e tecnologias hoje disponíveis permitem construir uma obra envolvente para um público determinado à diversão e ao entretenimento. Vale!