E se os Beatles nunca tivessem existido?
capa

E se os Beatles nunca tivessem existido?

"Yesterday" mostra um universo onde os Fab Four não são conhecidos

Por
Chico Izidro

Jack Malik (Himesh Patel) se torna um astro utilizando as músicas dos Beatles

publicidade

A premissa é interessante: e se os Beatles nunca tivessem existido? Ou se sim, mas as pessoas terem esquecido completamente da existência dos Fab Four de Liverpool? Esta é a pegada de “Yesterday”, filme do diretor Danny Boyle (“Quem Quer Ser um Milionário?”) e escrito por Richard Curtis (“Cavalo de Guerra“). Mas uma ressalva – se apenas uma pessoa lembrasse que um dia a banda pisou na Terra e deixou obras musicais extraordinárias?

Assim, a trama foca no inglês descendente de indianos Jack Malik (Himesh Patel), um músico que ganha a vida trabalhando num depósito de um supermercado, mas sonhando em ser um astro pop compondo canções que apenas os amigos curtem e se apresentando em barzinhos e outros muquifos. Ele é empresariado pela amiga de infância Ellie Appleton (Lily James). Quase a ponto de desistir da carreira após outro show frustrado em um festival, Jack é atropelado por um ônibus em meio a um apagão que aconteceu no mundo inteiro.

O incidente provoca uma espécie de blackout na mente das pessoas. Ao sair do hospital, Jack ganha um violão dos seus amigos, que pedem que ele toque uma música. E Jack solta “Yesterday”, composta por Paul McCartney, gravada em 1965 para o álbum “Help!”, dos Beatles. Ellie e os demais amigos ficam de boca aberta com a música,“inédita” que escutaram. Jack, em princípio, acha que os amigos estão tirando onda com sua cara, até que começa a entender que as pessoas não se lembram mesmo da existência de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. E começa a estudar as músicas da banda, e mostrá-las como se ele houvesse compondo cada uma delas. E isso vai torná-lo famoso e rico. Mas qual o preço que Jack terá de pagar pela farsa?

Cada música dos Beatles no filme é bem utilizada, sendo encaixada no contexto de cada cena. E Boyle aproveita, até mesmo com a participação do músico Eddie Sheeran, a fazer uma crítica as músicas atuais, que carecem de criatividade e musicalidade. E como a idiotia pegou forte. Em certo momento, Jack apresenta sua nova “obra-prima”, “Hey Jude”, e os gênios do marketing acham que não vai pegar: por que não “Hey Dude”? Soa patético.

Os dois protagonistas, Patel e James têm química, sendo que o ator faz umas caras de idiota muito bem. Afinal, o que está acontecendo no mundo? Aliás, não é somente os Beatles que não existem neste universo. Muitos outros elementos da cultura e mesmo do dia a dia não existem, como a Coca-Cola, Harry Potter e cigarros...Enfim, “Yesterday” é uma bela homenagem à banda de Liverpool, e também uma comédia romântica.

Leia demais posts do blog