No meio do caminho

No meio do caminho

publicidade

arooney


Baseado na peça "Blackbird", escrita por David Harrower, que é o roteirista do filme, "Una", dirigido

por Benedict Andrews, busca uma temática forte e perigosa, mas não consegue responder aquilo que

se propõe. A trama fala sobre abuso de uma menor por um maior de idade.


No caso, ela é Una (Rooney Mara), que aos 13 anos foi seduzida por  Ray (Ben Mendelsohn), 15 anos

mais velho. Aos 28 anos, ela vai atrás dele, em busca de respostas por aquilo que ocorreu no início de

sua adolescência. Traumatizada, ela consegue encontrar Ray, que trabalha em uma fábrica, com outro

nome e tendo construído outra vida para ele, após passar alguns anos na prisão.


Os dois mantém um embate por várias horas, pelos cantos da fábrica onde Ray trabalha e que passa

por uma estruturação. São várias feridas abertas, e durante a conversa deles aparecem flashbacks,

mas o diretor revela pouca coragem de mostrar os abusos sexuais sofridos por Una. Que se mostra

dividida por vezes, não sabendo realmente o que quer. Se procura o amor de seu agressor ou puni-lo

pelo que praticou quinze anos atrás.


Assim, "Una" fica no meio do caminho, sem coragem para se aprofundar em tema tão espinhoso.

Enfim, acaba sendo um filme que não define o que realmente quer denunciar.

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895