A importância do cuidado com os fios e unhas no verão 2022

A importância do cuidado com os fios e unhas no verão 2022

Estação mais quente do ano pede atenção extra em todo o corpo

Lou Cardoso

Cabelos e unhas pedem cuidados redobrados na estação mais quente

publicidade

Com o calor não dando trégua neste verão, a estação mais quente do ano pede uma atenção extra com o nosso corpo. Para aproveitar bem a temporada é preciso tomar alguns cuidados, em especial com os cabelos e as unhas.

Segundo a docente do curso de cabeleireiro do Senac Lajeado Joice Peixoto, no verão é indispensável investir em produtos para cada tipo de fio, sejam eles cacheados ou quimicamente tratados, pois são os que mais pedem tratamento e atenção. "Com auxílio de um profissional, é possível montar um cronograma capilar e manter a saúde dos fios, proporcionando um cabelo mais brilhante e saudável ao longo de todo o verão", explica.

Além disso, o secador de cabelo deve sempre ser utilizado com proteção térmica e moderação. Já a chapinha é um equipamento de calor que deve ser evitado, principalmente devido às agressões do sol, piscina, mar, etc. Entre os cuidados importantes está manter o couro cabeludo limpo, e sempre que entrar no mar ou piscina, os fios devem ser enxaguados com água potável.

Tanto a água do mar quanto da piscina são responsáveis por degradar a estrutura dos fios, deixando-os ressecados e quebradiços. "Em contato com o cabelo desprotegido, a radiação solar causa danos à fibra capilar e, por isso, protegê-los é indispensável. Os raios UVB são os maiores responsáveis por danificar a queratina dos fios, deixando os cabelos mais frágeis. Já os raios UVA oxidam e desbotam a cor, independente se os fios tiverem tons naturais ou artificiais", ressalta a docente.

Danos e cuidados

O fato é que no verão os cabelos sofrem diversos danos, desde ressecamento, passando pelo frizz, até a oleosidade. Por isso, a especialista recomenda hidratar os fios frequentemente. "Reequilibrá-lo depois dos danos do verão é importantíssimo para devolver seu brilho e maciez. Para protegê-los dos raios ultravioletas, utilize bonés, chapéus ou lenços. Se for lavar o cabelo todos os dias, procure produtos sem agentes nocivos com tensoativos que limpam sem danificar as fibras. Cabelos cacheados perdem a umidade naturalmente e no verão isso se agrava, por isso a reposição por meio de cosméticos são os recursos para enfrentar a estação mais quente do ano", destaca Joice.

Já na lavagem dos fios, o aconselhável é sempre usar água fria ou morna, pois a água quente pode descamar o couro cabeludo, sensibilizar e aumentar a oleosidade. Além disso, é fundamental evitar esfregar a região com as unhas, pois pode provocar feridas e até estimular o aparecimento da caspa.

De acordo com a docente, a alimentação também influencia na saúde dos cabelos. "Por isso, é importante incluir em sua dieta alimentos com proteínas, aminoácidos, ômega-3 e 6, substâncias presentes em carnes, ovos, peixes, oleaginosas, cogumelos e laticínios. Após a praia, procure nutrir os fios utilizando produtos hidratantes, como ceramidas e manteiga de karité. E para restaurar, invista nas máscaras de reparação intensiva", pontua.

As unhas também precisam de cuidados

Já as unhas também precisam de muitos cuidados nesta estação. De acordo com a docente do Senac Lajeado, Liliane Mello, vários fatores podem prejudicar as unhas no verão. “Radiação solar, as unhas ficam muito mais expostas ao sol. Umidade também já que frequentamos clubes, praias, piscinas e nossas unhas correm maior risco de contaminação por fungos e micoses. Pode acontecer de termos as unhas manchadas por conta de bronzeadores e por isso é importante sempre limpá-las bem após o uso e para isso indico usar cotonetes”, disse a especialista.

Foto: Unplash / CP

Liliane também falou sobre os esmaltes, que podem ser um bom aliado nos cuidados das unhas no verão. “Sim, o esmalte ajuda a protegê-las do sol. As unhas não respiram, então não tem a necessidade de ficar um tempo sem o esmalte. É importante também não deixar o esmalte por mais de uma semana. Exceto em casos de maior sensibilidade, a unha pode ficar esmaltada o tempo que quiser”.

A especialista explicou que para quem gosta de estar com a unha em dia, ela pode ser feita toda semana, mas isso não é regra. O importante é nunca desrespeitar o limite da cutícula e sempre retirar apenas o necessário para que não ocorram lesões e assim prejudicar a unha. "As unhas dos pés normalmente são feitas a cada 15 dias e devem ser tomados os devidos cuidados para não deixar unha encravar e nem muito exposta a fungos e micoses”, aconselhou Liliane.

A docente contou que, no verão, o maior cuidado que se deve ter com as unhas é com o ressecamento e proliferação de fungos. “Pois nesta época ficam muito expostas a radiação solar e também a áreas mais úmidas, como praia, piscina e até mesmo em calçados que abafam as unhas”.

Liliane também ressaltou que para quem faz uso de alongamentos de unhas, não é necessário retirá-las na hora de ir para a piscina ou para a praia, mas o cuidado deve ser redobrado por causa da exposição à areia e à água salgada ou com cloro. "Então deve-se manter os alongamentos o mais limpo possível. Tenha muita atenção com a infiltração, pois quanto mais secas as mãos e unhas estiverem, melhor”, concluiu.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895