Organizando o guarda-roupa para o Outono
capa

Organizando o guarda-roupa para o Outono

Consultora ressalta importância da organização para melhor estilo de vida

Por
Lou Cardoso

Frio chegou e é a hora de mudar as roupas do dia a dia

publicidade

Depois de um Verão com shorts, maiôs e blusinhas fresquinhas, o Outono começa a marcar presença no território gaúcho. Oficialmente, a estação começou no dia 20 de março e, com isso, é hora de resgatar as peças mais quentinhas. Segundo a consultora em organização, Suzana Sant'Anna, com a transição de temperaturas, o ideal é sempre deixar em mãos jaquetas e blazers para voltar a se acostumar com os modelos.

A mudança mais drástica ocorre, no entanto, é no guarda-roupa quando trata-se de organizar as peças. "O ideal é manter próximo as peças da estação e de uso mais cotidiano. Enquanto as peças da estação que foi embora podem ficar mais distantes. Como naquelas prateleiras altas e mais inacessíveis", indicou Suzana.

A distribuição das roupas também é importante, frisou a profissional. "Podemos deixar tudo dobrado na vertical para termos adequada visualização dos itens e o que não vai ser usado (agora blusinhas de alcinha, shortinhos) podemos fazer a famosa pilha de roupas e passar para cima."

Desapegos

O momento também pode ser propício para o desapego de algumas roupas que estão paradas no móvel. Conforme Suzana, a troca de estação é ótima para colocar a "mão na massa" e avaliar os itens que não tem mais haver com o estilo de vida. "Aproveitamos e vemos as peças que não utilizamos na estação que passou e porquê. Se percebermos que elas não nos fazem mais feliz e não tem haver com nossa vida podemos fazer uma doação ou mesmo um descarte."

Para evitar odores, a consultora indicou uma valiosa filosofia: "manter conosco apenas os itens que nos fazem feliz." Por isso, um guarda-roupa "abarrotado" pode criar mofo e umidade, independente do produto de limpeza que se utilize. "A regra de ouro é ter um guarda-roupa desimpedido, em que o ar tenha espaço para circular. Então a revisão é muito importante!", disse Suzana. Ela ainda aconselhou o uso de álcool na hora da limpeza, já que o mesmo evapora e não deixa umidade na prateleira.

Sapatos

E não se esqueça dos sapatos. "Eles devem ficar lado a lado ou dentro de separadores de sapato ou naquelas estantes baixinhas que são vendidas em lojas de organizadores", lembrou Suzana e ressaltou: "Uma dica bem barata é usar uma caixa e colocar os sapatos “em pé” e lado a lado dentro da caixa, isso economiza espaço e ajuda na visualização".

Por ser uma parte pessoal de cada pessoa, o guarda-roupa deve trazer sentimento de alegria ao invés de estresse. "Por isso ele deve refletir quem somos e podemos explorar seu encanto com nossos itens. Isso muda nosso jeito de viver e até mesmo nossa auto estima", encerrou Suzana.