Navios ex-alemães tiveram reconhecida a propriedade do brasil em definitivo

Navios ex-alemães tiveram reconhecida a propriedade do brasil em definitivo

Correio do Povo do dia 30 de novembro de 1920, terça-feira, noticiava:

Renato Bohusch

O Atalaia (ex-Carl Woermann), um dos navios confiscados pelo Brasil.

publicidade

Os navios ex-allemães - sua propriedade foi reconhecida em definitivo ao Brasil

Paris, 29 - O sr. Conty, embaixador da França no Brasil, partirá para o Rio de Janeiro depois de terminadas as negociações relativas aos vinte e sete vapores ex-allemães arrendada á França pelo Brasil. A propriedade destes foi definitivamente reconhecida ao Brasil. Será ainda, porém, solicitada a opinião da Inglaterra sobre o assumpto. Tambem se chegou a accordo sobre a questão do fretamento e das reparações desses navios cujas contas foram fechadas a 1 de novembro e apresentam um saldo de 27.000 contos, ou seja, ao cambio actual, a somma de 67.500.000 francos a favor do Brasil. As modalidades do pagamento serão ulteriormente determinadas. A opção de compra pedida pela França refere-se sómente a quatro vapores de passageiros e tres mixtos.

DIVERSAS

Imprensa - No dia 25 do corrente, entrou no 9º anno de publicidade “O Viamonense”, que se publica em Viamão. Aquella folha tem como director-gerente o sr. Alcibiades A. dos Santos, e como secretario, o sr. Astrogildo Duarte.

Navegação Arnt - A Navegação Arnt mandou construir, em S. Jeronymo, um armazem, todo de material, que tem 50 palmos de frente por 110 de fundo. Esse armazem destina-se ao deposito de mercadorias em épocas de enchente. As obras de construcção já se acham quasi concluidas. Por toda essa semana descerá do plano inclinado do estaleiro da Navegação Arnt, o vapor Teutonia, que vae servir como auxiliar na linha do Alto Taquary.

Objectos perdidos - Estão depositados nos escriptorios desta folha: um rosario, encontrado pelo sr. Lourenço Pedro da Rosa, emfrente ao Correio; uma chave, encontrada pelo sr. Carlos Castro, á rua Duque de Caxias. - Entregamos um mólho de chaves ao sr. João Lemos da Silva.

Sorteio de automovel - Realisou-se hontem, o quarto sorteio de automoveis do club mantido pela firma Barcellos & C. Estabelecida nesta capital, á rua General Camara n. 21. Conforme publicação feita em outro local, foi sorteado o nº 81, a cujo portador será entregue por aquella firma um automovel Ford Deuble Phaeton.

Santa Casa - Na Santa Casa de Misericordia existiam hontem 441 pessoas em tratamento; entraram, 15; sairam, 20; falleceram, 3.

TELEGRAMMAS

Uruguay

A gréve geral

Montevideo, 29 - Continua a gréve dos trabalhadores. O dia começou chovendo torrencialmente. Os empregados dos bondes e ferro-carris não aceitaram a ordem de parede geral. Os chaufers adheriram parcialmente, circulando alguns autos guardados por soldados. As ruas estão sendo patrulhadas pela cavallaria da policia.

O centenario da descoberta do Estreito de Magalhães

Santiago, 29 - A festa commemorativa do 4º centenario da descoberta do Estreito de Magalhães, realisada na embaixada brasileira, foi suntuosissima. A ella assistiram todas as embaixadas, o infante d. Fernando, o presidente da Republica e cerca de 500 pessoas da mais alta sociedade chilena. Todos os presentes foram attendidos com muita distincção pelo embaixador e sua exma. familia.

A questão do Adriatico

Roma, 29 - O administrador apostolico de Fiume enviou uma carta a d’Annunzio dizendo que a pobre população daquella cidade soffre fome e considera que não há nenhuma possibilidade de modificar o tratado de Rapallo por meio da guerra contra a Italia ou contra a Yugo-Slavia.

A grafia da época está preservada nos textos acima

CRONOLOGIA

O dia 30 de novembro na história

1913 - Início da carreira do ator inglês Charles Chaplin.
1919 - As mulheres votam pela primeira vez em eleições legislativas na França.
1948 - Judeus e árabes assinam cessar-fogo.
1964 - Estatuto da Terra é promulgado por Castelo Branco.
1980 - Morte de Agenor de Oliveira, o “Cartola”, cantor e compositor.
1995 - Fim oficial da Operação Tempestade no Deserto.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895