Abel botou para sonhar

Abel botou para sonhar

Inter atropela o São Paulo, faz 5 a 1, e é o novo líder. Yuri Alberto faz três

publicidade

O Inter encerrou a 24ª rodada do Brasileiro lutando para não sair do G-6. Era sexto com 38 pontos, 12 atrás do líder São Paulo.   
Na 25ª venceu o Botafogo por 2 a 1. 
Começava ali uma escalada espetacular: 2 a 0 no Palmeiras, 2 a 1 no Bahia, 2 a 0 no Ceará, 1 a 0 no Goiás e 4 a 2 no Fortaleza.
Ontem, em partida pela 31ª rodada, em tese aquela que deveria ser a mais complicada, porque diante do primeiro colocado e no Morumbi, a primeira goleada: 5 a 1. 
Sim, cinco a um. 
O Inter simplesmente desmontou um São Paulo que já vinha mal das pernas.
Na reta final, o Inter assume a liderança. 
Se antes o sonho era o G-6, que depois passou a ser o G-4, agora o torcedor colorado sonha com o título. 
Abel botou para sonhar.
Num primeiro tempo de luxo o Inter só fez 2 a 1. 
Abriu 2 a 0 cedo: com Cuesta aos 7min e Caio aos 23min. 
Depois de um erro de Cuesta o São Paulo descontou aos 35min;
O São Paulo voltou melhor mas aos 14min Yuri Alberto ampliou. 
Aos 20min Yuri Alberto fez 4 a 1 diante de um destroçado. 
Aos 22min  Yuri Alberto fez 5 a 1.
 Depois? 
Depois Abel se deu ao luxo de fazer trocas pensando no Gre-Nal de domingo.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Paulinho Boia), Bruno Alves, Léo (Vitor Bueno) e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Tchê Tchê (Diego Costa) e Gabriel Sara (Igor Gomes); Luciano (Gonzalo Carneiro) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz 
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta (Zé Gabriel) e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny), Praxedes (Rodrigo Lindoso), Edenilson, Patrick e Caio Vidal (Peglow); Yuri Alberto (Leandro Fernández). Técnico: Abel Braga 

70%
Posse de bola
30%
11
Finalizações
19
5
Finalizações no gol
7
4
Finalizações para fora
8
2
Chutes travados
4
7
Escanteios
2
0
Impedimentos
2
15
Faltas
19
2
Cartões amarelos
1
1
Grandes oportunidades
7
0
Grandes chances perdidas
2
7
Finalizações de dentro da área
14
4
Finalizações de fora da área
5
2
Defesas do goleiro
4
608
Passes
256
531 (87%)
Prec. passes
193 (75%)
22/34 (65%)
Bolas longas
27/61 (44%)
7/26 (27%)
Cruzamentos
2/13 (15%)
6/12 (50%)
Dribles
5/7 (71%)
130
Perda da posse de bola
108
52
Duelos ganhos
53
20
Disputas aéreas vencidas
20
8
Desarmes
15
7
Interceptações
8
13
Cortes
21
 
CLASSIFICAÇÃO E CHANCES DE SER CAMPEÃO
  Clubes Pontos ganhos Vitórias Empates Derrotas Saldo de gols Gols pró Gols contra Jogos Δmq Chances
1. Inter 59 17 8 6 24 53 29 31 -2 -
2. São Paulo 57 16 9 6 18 51 33 31 -4 -
3. Atlético-MG 54 16 6 8 14 52 38 30 -6 -
4. Flamengo 52 15 7 7 11 50 39 29 -7 -
5. Palmeiras 51 14 9 6 17 43 26 29 -8 -
6. Grêmio 51 12 15 3 14 39 25 30 -9 -
7. Fluminense 47 13 8 10 3 43 40 31 -14 -
8. Santos 45 12 9 8 5 41 36 29 -14 -
9. Corinthians 42 11 9 9 1 35 34 29 -15 -
10. RB Bragantino 41 10 11 10 6 43 37 31 -22 -
11. Athletico-PR 39 11 6 14 -3 27 30 31 -22 -
12. Ceará 39 10 9 11 0 41 41 30 -21 -
13. Atlético-GO 39 9 12 10 -7 30 37 31 -22 -
14. Sport 32 9 5 16 -14 24 38 30 -28 -
15. Bahia 32 9 5 16 -15 36 51 30 -28 -
16. Vasco 32 8 8 14 -14 30 44 30 -28 -
17. Fortaleza 32 7 11 12 -4 26 30 30 -28 -
18. Coritiba 26 6 8 17 -16 26 42 31 -37 -
19. Goiás 26 6 8 16 -18 29 47 30 -34 -
20. Botafogo 23 4 11 16 -22 27 49 31 -40 -

 


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895