Grêmio: demissões passaram pelo futebol
capa

Grêmio: demissões passaram pelo futebol

Renato sabia e autorizou mudanças

Ano começou turbulento no Grêmio

publicidade

Perguntei a um dirigente do alto clero do Grêmio se a vassourada que tirou sete funcionários do clube passou pelo Conselho de Administração. 
Resposta: não. 
Tratou-se de assunto do futebol. 
Renato comanda o futebol. 
As mudanças foram baseadas e relatórios. 
Apenas a demissão do assessor de impresa, João Paulo Fontoura, não teria passado pelo futebol. 
O diretor médico Saul Berdichevsky não foi demitido. Pediu afastamento vai tempo. 
Na próxima semana o Grêmio anunciará o novo vice de futebol.