Inter e uma conta de padeiro
patrocinado por

Inter e uma conta de padeiro

Numa conta de padeiro o clube deixou de arrecadar R$ 93 milhões. O déficit real foi de R$ 91 milhões

Tamanho do déficit do Inter em 2020 não foi esperado

publicidade

O Conselho Deliberativo do Inter aprovou as contas de 2020 com uma ressalva, a questão do Profut. 
Os conselheiros e conselheiras do Povo do Clube votaram por unanimidade pela reprovação.
Segue uma conta de padeiro, com números arredondados.
O último ano da gestão Medeiros enfrentou uma pandemia. No rastro do Coronavírus o déficit bateu nos R$ 100 milhões.
Sem público nos estádios o clube deixou de arrecadar R$ 20 milhões com bilheteria. Deixou de entrar R$ 35 milhões da TV. O orçamento previa arrecadar R$ 80 milhões com venda de jogadores. Ficou nos R$ 67 milhões. A premiação pelo vice do Brasileiro, de R$ 21 milhões, entrou na gestão Barcellos, pois o campeonato terminou em fevereiro. Perdeu R$ 4 milhões em receitas sociais.
A conta de padeiro, por alto, apenas seguindo o orçamento, bate nos R$ 93 milhões. Isto o clube deixou de arrecadar por causa da pandemia principalmente. O déficit real foi de R$ 91 milhões.
Alguns conselheiros votaram pela reprovação pelo simples fato das contas terem apresentado déficit. Não é assim que se faz. 
A própria direção projetava um déficit assim quando do começo da pandemia. O resultado, portanto, era esperado.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895