Renato não sabe perder
patrocinado por

Renato não sabe perder

Carlos Corrêa

publicidade

Carlos Corrêa / Interino

Renato Portaluppi já provou ser ótimo treinador e os resultados estão aqui para comprovar. Mas Renato não sabe perder. Toda vez que seu time sai derrotado, a entrevista pós-jogo é um festival de ironias, reclamações e acusações, como se a essa altura do campeonato a torcida já não soubesse se tratar de cortina de fumaça para não lidar com a derrota em si. E não há nada demais em perder. É do jogo, aliás. Se 20 clubes participam de uma competição, 19 vão perder. Estar na final é um mérito por si só. Mas na coletiva após a derrota para o Palmeiras, no domingo, o técnico chegou a alegar que há má vontade com o Grêmio e que ninguém leva em conta o número de jogos do Tricolor na temporada. Até seria um argumento válido, não fosse a final justamente contra um Palmeiras que jogou mais partidas que o Grêmio e que vem de uma sequência de decisões, somadas a Libertadores e o Mundial. Por fim, de novo, atacou a imprensa: “Não fiquem nervosinhos porque o time de vocês não ganhou o Campeonato Brasileiro, não fiquem atiçando o nosso lado porque o nosso lado está na final. Parece que o prazer de vocês é ver o Grêmio não ganhar”. A derrota traz lições, mas Renato parece não entender várias delas. Até porque na temporada 2020 perdeu muitas vezes e segue o mesmo nas entrevistas.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895