Renato não tomou um baile tático de Jesus
capa

Renato não tomou um baile tático de Jesus

Rescaldo do confronto entre Grêmio 1 x 1 Flamengo.

publicidade

Foguetinhos do confronto entre Grêmio 1 x 1 Flamengo.
O Grêmio precisa de um goleiro confiável para 2020.
Precisa também de um centroavante de ofício. Bom.
É possível que não tivesse levado o gol, aquele que valeu, se Geromel estivesse em campo. É a referência da zaga.
Everton e Matheus Henrique foram os únicos que se salvaram individualmente. Pepê fez o gol. A prata de casa salvou a noite.
A estrela de Renato. Aos 36min do segundo tempo ele sacou Michel e Alisson para as entradas de Pepê e Maicon. 
Seis minutos depois Maicon abriu para Everton que cruzou e Pepê deixou tudo igual: 1 a 1. 
Renato não tomou um baile tático de Jesus. O Flamengo é o melhor time da atualidade no Brasil. Está provado.
Do meu blogue antes da coletiva pós-jogo de Renato: “Pelo volume de jogo o Flamengo perdeu chance de liquidar a fatura”.
Renato na coletiva: “A verdade é que o Flamengo perdeu uma grande oportunidade de matar a classificação”.
Jean Pyerre é titular absoluto. Fez muita falta. Luan vem melhorando mas está longe de ser o Luan de 2017.
Renato:” Contra o Palmeiras, a situação era ainda pior. Perdemos em casa, não fizemos nenhum gol, e vencemos em São Paulo”.
O Palmeiras de Felipão não jogava a bola quem o Flamengo vem jogando. Nem tinha a pegada do representante carioca.
A maré começa a soprar em favor do Grêmio: Filipe Luis e Arrascaeta estão machucados. O uruguaio não joga no dia 23.
Perguntar não ofende: fosse árbitro brasileiro, os três gols do Flamengo seriam anulados via VAR?