Capitão e referência, Marco Ruben deixa o Rosario Central antes da Libertadores
capa

Capitão e referência, Marco Ruben deixa o Rosario Central antes da Libertadores

Por

publicidade

Marco Ruben se despediu do Central após conquistar a Copa Argentina - Foto: Rosario Central / Divulgação


 

Adversário do Grêmio no Grupo H da Libertadores da América, o Rosario Central anunciou nessa segunda-feira a saída de Marco Ruben. Capitão e principal ídolo da torcida canalla, o centroavante deixou o clube para jogar no Athletico-PR.

 

A saída de Marco Ruben no ano em que o Central volta a jogar a Libertadores surpreende em um primeiro momento, mas se explica pelo desgaste sofrido pelo jogador nos últimos meses. Vítima de uma série de lesões, o centroavante esteve longe do melhor desempenho em 2018, quando marcou apenas três gols. Além disso, ele teve um atrito com a direção do clube durante a negociação para a renovação do seu contrato.

 

Longe do melhor momento físico, Marco Ruben ainda conseguiu contribuir na campanha que levou o Central a conquistar a Copa Argentina no final de 2018, título que colocou fim a um jejum de 23 anos dos canallas sem levantar uma taça. O atacante fez apenas um gol na competição, mas ainda assim foi titular na decisão contra o Gimnasia de La Plata, vencida nos pênaltis - ele converteu sua cobrança.

 

Em sua entrevista de despedida, Ruben afirmou que não conseguia mais dar "100% ao clube" e que precisava de um novo desafio na carreira. Ele ainda revelou ter recebido propostas de times argentinos, mas que tinha a decisão tomada de só deixar o Central para atuar fora do país.

"Houve propostas de outras equipes argentinas, mas eu tinha claro desde o início e disse que na Argentina não queria jogar em outro clube. Não se trata de fechar as portas, mas quando me procuraram eu disse isso porque era o que sentia", revelou o jogador, que espera recuperar o bom futebol no Brasil

"Será uma nova etapa. Hoje é o fim da parte mais importante da minha carreira, mas sentia que tinha que dar esse passo. Quero pensar em frente e seguir sendo melhor como pessoa e jogador. Foi uma decisão difícil pelo que significa deixar o meu clube", continuou.

Para assinar com o Athletico-PR por empréstimo de um ano, Marco Ruben renovou seu vínculo com o Rosario Central até metade de 2020. O jogador, porém, evitou confirmar que voltará ao clube. "O tempo vai dizer se vou poder voltar a jogar com a camiseta do Central, se vou me sentir bem e se poderei dar 100% ao clube", afirmou.

 

A homenagem do Central a Marco Ruben com a trilha sonora de Fito Páez: