Conmebol não informa condição legal e Boca deve deixar Ábila fora do jogo contra o Libertad
capa

Conmebol não informa condição legal e Boca deve deixar Ábila fora do jogo contra o Libertad

Por

publicidade

Boca tem dúvida sobre condição de jogo de Ramón Ábila - Foto: Alejandro Pagni / AFP / CP


O sistema falho de consultas a punições da Conmebol segue gerando confusão na Libertadores. Dessa vez, o problema envolve o Boca Juniors. A poucas horas de enfrentar o Libertad no jogo de volta das oitavas de final, o clube argentino não sabe se poderá contar com o centroavante Ramón Ábila.
A questão é que o Boca tem dúvida se Ábila cumpriu uma suspensão relativa a um jogo da Libertadores de 2016 quando ainda defendia o Huracán. O caso veio à tona após o imbróglio envolvendo Carlos Sánchez, do Santos, e Bruno Zuculini, do River Plate.

 

A direção xeneize então fez uma consulta à Conmebol e não recebeu nenhum documento que permita a escalação do centroavante, que já disputou cinco partidas na Libertadores deste ano. Sem garantia da Conmebol, o Boca não deve arriscar uma possível reclamação do Libertad e a tendência é de que Ábila fica fora do jogo desta noite.

 

Benedetto titular e Tevez perdendo espaço

Sem contar com Ábila, o técnico Guillermo Schelotto deve escalar Darío Benedetto como titular diante do Libertad. O camisa 9 xeneize não disputa uma partida oficial desde que sofreu uma grave lesão no joelho ainda em novembro de 2017. Desde então, o jogador participou apenas de amistosos na pré-temporada.

 

A opção por Benedetto depois de tanto tempo sem atuar mostra também a perda de espaço de Carlos Tevez no elenco xeneize. Carlitos ficou fora da lista de relacionados para o jogo contra o Huracán, no último domingo, pela Superliga Argentina e teve a presença na delegação que viajou ao Paraguai colocada em dúvida pelo técnico Guillermo Schelotto. A situação, claro, gerou polêmica e há rumores de problemas na relação entre o treinador e o jogador.

 

Boca e Libertad jogam nesta quinta-feira, às 19h30, em Assunção. O time argentino tem uma boa vantagem por ter vendido o jogo de ida na Bombonera por 2 a 0. O vencedor desse confronto encara o Cruzeiro nas quartas de final.