Profissionais do Correio do Povo visitam a oficina de jornalismo
capa

Profissionais do Correio do Povo visitam a oficina de jornalismo

Estudantes que optaram pela oficina de jornal impresso e online puderam conhecer de perto a trajetória de jornalistas

Por
Correio do Povo

Diretor de Redação, Telmo Flor falou sobre a profissão com os estudantes

publicidade

*Eduarda Ferreira e Rômulo Vizzotto

Na segunda-feira, 11, primeiro dia de oficina, os alunos e alunas de jornalismo de diferentes universidades do Estado puderam conversar com o jornalista Jonathas Costa, que é coordenador multimídia do CP e teve o seu primeiro contato com o jornal justamente nesta oficina, há dez anos. Ele contou como foi a sua trajetória desde o primeiro contato com o Grupo Record RS até os dias de hoje, passando por diferentes funções dentro da redação do Correio do Povo.

A coordenadora de produção, Luciamem Winck, e Ricardo Giusti, jornalista e editor de fotografia, estiveram durante toda a oficina colaborando com os alunos. Na terça-feira, dia 12, foi a vez de Giusti conversar com os estudantes sobre a importância e utilidade da fotografia no jornalismo. Ele também deu alguns conselhos sobre o aproveitamento das fotos e apresentou o FotoCorreio, espaço no site do jornal onde ficam disponíveis as fotografias do cotidiano que não necessariamente entram nas matérias.

Luciamem Winck e Ricardo Giusti participaram de toda a oficina. Foto: Marcos Santuário

No mesmo dia, o jornalista responsável pela diagramação, Pedro Dreher, relatou como foi sua trajetória e disse ter se encontrado profissional e pessoalmente no Correio do Povo. Ele ainda contou como revolucionou a parte gráfica do jornal, há cerca de 13 anos, quando chegou na empresa e ainda deu dicas para os possíveis interessados na área.

Responsável pela diagramação, Pedro Dreher, relatou como foi sua trajetória. Foto: Marcos Santuário

O diretor de Redação do CP, Telmo Flor, chegou de surpresa para falar sobre a atualidade e os desafios do jornalismo. Ele contou que acabara de chegar da conferência Digital Media 2019, evento que aconteceu no Rio de Janeiro e buscou discutir as perspectivas da área. Motivou os estudantes a seguir na carreira, pois há novidades que surgem a cada momento dentro do universo do jornalismo.

Por fim, na tarde da quinta-feira, 14, Márcio Gomes, coordenador do site do Correio, que foi responsável pela construção do portal de notícias do jornal, falou sobre o cotidiano da redação integrada entre impresso e digital, os seus desafios e o que ele considera mais interessante quando se trata de jornalismo online. A instantaneidade e as possibilidades de produzir diferentes tipos de conteúdo, sejam textos, gráficos, vídeos, podcasts é o que faz ele estar há quase 20 anos trabalhando com o digital, com a mesma vontade.

Quando questionado sobre qual o melhor caminho do jornalismo a se seguir atualmente, Gomes defendeu a dinamicidade. “O mercado de jornalismo online me parece ser o mais acessível hoje, mas, quanto mais preparado para assumir diferentes funções e entregar diferentes conteúdos para o público o profissional tiver, mais chances eles terá.”