Alex Palou chega a vitória inédita na abertura da Fórmula Indy, no Alabama

Alex Palou chega a vitória inédita na abertura da Fórmula Indy, no Alabama

Piloto superou batalhas com Penske e McLaren para faturar para a Ganassi

Bernardo Bercht

Espanhol dominou corrida e segurou pressão de Power

publicidade

O espanhol Alex Palou teve uma estreia de gala na sua nova equipe, a poderosa Ganassi. Com uma performance impecável e tática perfeita, chegou à sua primeira vitória na Fórmula Indy, neste domingo no Alabama.

Em dia de estreia da lenda da Nascar Jimmie Johnson, a prova começou com um legítimo "big one". Cinco carros se envolveram no acidente desencadeado pela rodada de Josef Newgarden. Sua Penske ficou atravessada na pista e veio a reação em cadeia. Colton Herta bateu e destruiu o quadrante direito do seu carro. Ryan Hunter-Reay nem conseguiu reduzir e acertou em cheio Newgarden. Ainda sobrou para Max Chilton e Felix Rosenqvist. Johnson, tentando evitar encrenca, conseguiu frear, dar um leve toque e em Hinchcliffe e sair ileso.

Na relargada, o pole Pato O'Ward e Alex Rossi pareciam a forças dominantes do dia. O mexicano da McLaren tinha menos estabilidade, mas Rossi não conseguia passar. A dupla, contudo, parou mais cedo do que o previsto na janela inicial, na volta 19. Voltaram em formação e foi Palou que deu o pulo do gato.

O espanhol se manteve na pista por mais dez voltas, fazendo várias passagens em ritmo de classificação. Quando parou, voltou três segundos na frente de O'Ward. Quem também atrasou sua parada foram Will Power e Scott Dixon. Essa turma é que dominaria o pódio posteriormente.

A corrida seguiu sem maiores interrupções de bandeiras amarelas e teve no meio do pelotão o protagonismo de Sebastien Bourdais. O francês da Foyt largou lá atrás, mas teve um ótimo ritmo para entrar no top ten. O estreante importado da Fórmula 1, Romain Grosjean, também lutava por um top 5, mas teve dois pits ruins que o empurraram para o décimo posto.

Veio a reta final e Power foi com tudo para cima de Palou, que ainda era bloqueado por Conor Daly, uma volta atrás. A diferença chegou a quatro décimos e o australiano embutiu na última curva, mas o dia era espanhol no Alabama e a festa foi da Ganassi. Scott Dixon começou sua defesa de título em terceiro, segurando a pressão de O'Ward. Bourdais fechou num excelente quinto lugar.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895