Carlos Sainz vence quinta etapa e abre vantagem no Dakar 2020
capa

Carlos Sainz vence quinta etapa e abre vantagem no Dakar 2020

Espanhol trava forte duelo com o atual campeão Al Attiyah

Por
AE

Espanhol tenta o tricampeonato do Rally

publicidade

O espanhol Carlos Sainz se tornou nesta quinta-feira o primeiro a vencer duas etapas da atual edição do Rally Dakar, disputado na Arábia Saudita. O bicampeão do rally foi o mais rápido nos carros com seu Buggie Red Bull, ampliando a vantagem na liderança geral da prova. O também espanhol Fernando Alonso se destacou nesta quinta etapa, no trajeto de 564 quilômetros entre Al-'Ula e Hail.

Sainz, pai de Carlos Sainz Jr., piloto da Fórmula 1, completou a distância em 3h52min01s, com 2min56s de vantagem sobre o príncipe catariano, atual campeão Nasser Al Attiyah. O francês Stéphane Peterhansel chegou na terceira posição, a 6min11s, esquentando a disputa pelas primeiras posições da categoria. Mesmo com dificuldades no início da etapa desta quinta-feira, Sainz chegou na frente dos rivais, o que lhe permitiu abrir vantagem de 5min59s justamente sobre Al-Attiyah, segundo colocado geral. Mais afastado, Peterhansel é o terceiro colocado, com 17min53s.

Fernando Alonso, que tem o apoio do experiente copiloto Marc Coma, também da Espanha, terminou em sétimo lugar. Desta forma, o bicampeão mundial de Fórmula 1 manteve a sua reação, após ter problemas com o seu carro na segunda-feira. Alonso já aparece na 18ª colocação geral a uma hora dos dez primeiros.

Representante do Brasil na competição, Antonio Lincoln Berrocal repetiu nesta quinta-feira a sua posição da etapa anterior ao terminar em 81º nas motos. No geral, está em 73º. O norte-americano Ricky Brabec da Honda segue na ponta, após ser o quarto colocado na etapa. Ele tenta quebrar uma hegemonia de 18 anos da KTM. O australiano Toby Price, que defende a marca holandesa, foi o melhor do dia. O susto da etapa ficou por parte da queda forte do britânico Sam Sunderland. O tombo tirou um dos favoritos na disputa, com lesões no ombro e nas costas.

Na categoria dos UTVs (carro parecido com uma "gaiola"), Reinaldo Varela e o navegador Gustavo Gugelmin terminaram a etapa no 21º posto, sustentando a 16ª posição geral. Juntos, eles foram campeões do Dakar nesta mesma categoria em 2018 e terminaram em terceiro lugar no ano passado. O francês Alexandre Giroud foi melhor nos quadriciclos, desbancando o favorito chileno Ignacio Casale, segundo colocado. Apesar disso, Casale segue dominando, na liderança geral. Ele é o atual bicampeão e mais forte candidato a levar o prêmio deste ano.

Nos caminhões, a equipe russa liderada por Dmitry Sotnikov venceu a quinta etapa, superando o compatriota Anton Shibalov, o melhor da quarta-feira. Andrey Karginov, também da Rússia, chegou em terceiro. Mesmo assim, sustentou a primeira posição geral na categoria.