Fórmula 1 cancela GP da Austrália por conta do coronavírus
capa

Fórmula 1 cancela GP da Austrália por conta do coronavírus

Organização definiu fim das atividades após membro da McLaren contrair a doença

Por
Bernardo Bercht

Pilotos tomaram medidas de prevenção durante o fim de semana

publicidade

A Fórmula 1 definiu, após várias idas e vindas de times e organização, cancelar o GP da Austrália. Desta forma, pela primeira vez desde 1982 a prova de abertura da categoria deixa de ser realizada de forma oficial. Naquela ocasião, o GP da África do Sul chegou a ser disputado por alguns times, mas não valeu para a pontuação da temporada.

O grid ficou dividido depois que a McLaren anunciou que não correria, por conta de um dos seus membros terem contraído o coronavírus. Red Bull, Alpha Tauri, Racing Point e Williams manifestavam desejo de correr, mas os outros times ficaram em campo oposto até que um acordo foi feito para a não realização do evento.

Com isso, a primeira corrida de 2020 deverá ser o GP do Bahrein. A organização dos Emirados Árabes definiu que a prova será disputada sem público, mas com o avanço do coronavírus mesmo isso está em dúvida.