Rossi domina corrida em Long Beach e vence de forma arrasadora na Indy
capa

Rossi domina corrida em Long Beach e vence de forma arrasadora na Indy

Scott Dixon animou disputas com ultrapassagens e forçando erros de rivais

Por
Bernardo Bercht

Norte-americano conquistou vitória 200 do seu time, a Andretti Auto Sports

publicidade

Long Beach é sempre um clássico do automobilismo, mas a ediçãod e 2019 da prova da Indycar não trouxe lá a média de disputas que estamos acostumados. O dia foi de um show de controle com domínio total do norte-americano Alex Rossi, vice em 2018 e em busca de seu primeiro título com a Andretti Motorsports.

Rossi já tinha cravado a pole, evitou um ataque inicial de Scott Dixon e, a partir daí, despachou a concorrência sem dó.  Ao fim das 85 voltas, o piloto cruzou a linha de chegada com 20 segundos para o segundo colocado, Josef Newgarden com a Penske. Se não foi tão parelha e cheia de ultrapassagens, ao menos a corrida trouxe o quarto vencedor diferente em quatro provas, atestado de equilíbrio geral dos times.

O único cara que conseguiu realmente passar com alguma frequência foi o imparável Scott Dixon. O atual campeão forçou um erro de Pagenaud e superou Ryan Hunter-Reay no fim. Quando ia passar Graham Rahal, tomou aquela fechada. A direção de prova julgou que foi irregular e puniu o piloto, invertendo as posições de ambos na linha de chegada e dando um pódio importante para Dixon.

O top ten teve ainda Simon Pagenaud em sexto, numa das sua melhores provas em muito tempo com a Penske. Will Power veio a seguir, com Takuma Sato em oitavo, tentando se manter na disputa pela ponta do campeonato após sua vitória em Barber. James Hinchcliffe e Felix Rosenqvist completaram o top ten.

O brasileiro Matheus Leist também foi muito combativo na corrida. Após mais problemas de acerto nos treinos de classificação, largou em 20º e foi para cima do pelotão. Ganhou quatro posições ao longo da tarde e, após o último pit-stop, superou Ed Jones com boa ultrapassagem para ser o 15º. Seu companheiro, Tony Kanaan, finalizou em 19º.

Agora, a categoria terá uma pausa para testar para as 500 Milhas de Indianápolis. Volta a competir no misto do circuito em 11 de maio para, depois, encarar a prova rainha do esporte, dia 26.