Tony Kanaan faturou mais de US$ 2,3 milhões por vitória na Indy 500
capa

Tony Kanaan faturou mais de US$ 2,3 milhões por vitória na Indy 500

Por

publicidade



A equipe KV Racing estava com dificuldades para fechar verbas até o fim do ano na Fórmula Indy. A vitória histórica de Tony Kanaan nas 500 Milhas de Indianápolis, contudo, deve ajudar na área comercial pela popularidade, mas também garantiu um aporte financeiro considerável ao time. Tony assinou mais uma carteirinha no clube dos milionários ao faturar mais de US$ 2,3 milhões, ou mais precisamente US$ 2.353,355.

O baiano levou boa parte da bolsa total de prêmios da Indy 500, calculada em mais de US$ 12 milhões. A grana preta foi turbinada pela quebra de recorde de prova, com Tony fazendo uma média de 311 km/h, superando em mais de cinco quilômetros a média anterior, que era de Arie Luyendyk. Tony também foi o segundo piloto a liderar mais voltas (34), atrás apenas do pole-position Ed Carpenter (37).

Quem faturou alto e encaminhou sua carreira na Indycar foi, certamente, o colombiano Carlos Munoz. O chico levou o segundo lugar na sua prova de estreia e, como estreante do ano, leva um total de prêmios de quase um milhão de dólares, ou US$ 964,205.

Carpenter, o pole, também não ficou tão mal. Somados os seus resultados e o término da prova em décimo lugar, o piloto chegou perto de meio milhão para sua equipe própria: US$ 405,955.