Athimos é a primeira brasileira no Programa Startup Visa da LatAm em Toronto
capa

Athimos é a primeira brasileira no Programa Startup Visa da LatAm em Toronto

Plataforma do segmento de Healthtech canadense, fundada há 1 ano pela brasileira WW8, atua em soluções ágeis de prontuários clínicos eletrônicos para médicos, clínicas e hospitais.

Por
Correio do Povo

Raquel Boechat e Diego Accioly Correa

publicidade

A plataforma Athimos (www.athimos.com.br), solução ágil em prontuário clínico eletrônico para médicos, consultórios e hospitais, acaba de ser aprovada como primeira brasileira no Programa Sartup Visa da aceleradora LatAm Startups, no Canadá. O Canadá tem recebido empreendedores estrangeiros pelo Programa de Visto para Startups com o intuito de reter novos talentos e empresas promissoras no país, criar mais empregos e melhorar a economia local e nacional. A solução de Healthtech, fundada pela brasileira WW8, referência em inovação e tecnologia para a saúde há 10 anos no Brasil, está sendo preparada para o mercado norte americano há um ano em Toronto e agora está pronta para atender o mercado na região.

No programa da LatAm, o objetivo é expandir a atuação no mercado canadense e exportar a tecnologia para os Estados Unidos e outros mercados globais. O lançamento oficial da plataforma será realizado no dia 16 de maio, durante a LatAm Conference, evento anual para mais de 600 pessoas, que acontece no Metro Toronto Convention Centre, um dos principais centros de evento empresarial na capital de Ontário. O time acaba de ser ampliado, com a participação da jornalista e empresária Raquel Boechat, que assume a posição de líder de comunicação e marketing na sede da empresa em Toronto. “Vamos fortalecer as ações de comunicação, com eventos e ações focadas na área médica, assim como parcerias estratégicas para potencializar a divulgação do Athimos no mercado norte americano”, enfatiza Raquel.

A startup no Canadá também atua na sede da IBM Ventura Lab, onde estão sendo desenvolvidas pesquisas para integração de projetos de inteligência artificial à plataforma. “A plataforma Athimos atua com tecnologia para otimizar questões valiosas para a área da saúde: tempo, confiança, agilidade e comunicação da equipe clínica, para que todos estejam com mais foco no que realmente importa - a saúde e bem estar dos pacientes - com informações detalhadas e de fácil acesso no mesmo lugar, para decisões assertivas e ágeis”, enfatiza o presidente da empresa no Canadá, Diego Accioly Correa.

A WW8 desenvolve sistemas voltados para a área da saúde, com o objetivo de facilitar a comunicação no ambiente hospitalar, nas clínicas e na relação entre os médicos e pacientes. Unindo experiência, tecnologia e inovação, a equipe é formada por médicos especialistas e analistas de sistemas. 

O projeto de internacionalização iniciou em março de 2018, quando a empresa foi convidada a participar de uma aceleração pela LatAm. “Fizemos uma profunda análise de mercado para entender quais as principais dificuldades do setor e quais das nossas soluções são mais impactantes no sistema de saúde canadense, na busca pela entrega de mais valor”, conta Correa.


Atualmente a empresa recebe o apoio de mais duas importantes aceleradoras do ecossistema de inovação de Toronto. Uma é a Helix, incubadora de empreendedorismo do Seneca College, que realiza um trabalho  diferenciado de mentoria, coaching e apoio no processo de entrada no mercado. A outra é a VentureLab, aceleradora de empresas de tecnologia inovadora, que apoia não só com mentoria e conexões, mas também com a sede no primeiro andar do IBM Innovation Space.