Caio Infante se destaca em Employer Branding no país

Caio Infante se destaca em Employer Branding no país

Ao lado de Suzie Clavery e Whiny Fernandes, Caio Infante criou a Employer Branding Brasil (EBB), uma inciativa que capacita pessoas e empresas para gerar marcas fortes

Simone Lopes

Caio Infante, general manager da Radancy, maior agência global focada em Employer Branding e maior referência mundial no tema

publicidade

A tecnologia chegou para transformar o mundo e auxiliar nas comunicações, nos negócios e nos serviços, porém a alma de uma empresa está nas pessoas. É fundamental ter conhecimento e amar o que se faz para entregar o melhor ao cliente. Além disso, são os colaboradores que vão garantir uma ótima reputação da organização. E essa percepção de uma marca como empregadora se traduz no conceito de employer branding, ou seja, um processo de gestão dessa marca, que envolve desde um ambiente diferencidado de trabalho, a promoção ou retenção de talentos até a imagem da empresa no mercado. 

"Quando falamos de marca empregadora (Employer Brand), devemos pensar do começo ao fim do ciclo de vida do funcionário, ou seja, a estratégia de marca não deve ser usada só para atrair talentos mas, principalmente, para retê-los. O Employer Branding cria caminhos e possibilidades para dar visibilidade à marca empregadora dentro e fora da empresa, com transparência e verdade", explica Caio Infante, general manager da Radancy, maior agência global focada em Employer Branding e maior referência mundial no tema. 

Caio é formado em Publicidade e Propaganda pela ESPM e com MBA em Gestão Internacional pela University of Technology, em Sidney, na Austrália, onde fez carreira internacional trabalhando em agências de publicidade. No Brasil, atuou na Trabalhando.com como diretor Comercial e de Marketing, chegando a Country Manager da operação. Liderou, ainda, a área de Novos Negócios e Mercados na Catho. Com grande experiência e conhecimento, ao lado de Suzie Clavery e Whiny Fernandes, criou a Employer Branding Brasil (EBB), uma inciativa que capacita pessoas e empresas para gerar marcas fortes. 

Conforme Caio, a plataforma, que também conta com um app, nasceu em 2014, quando o tema ainda era pouco discutido no Brasil e por conta de sua relevância ganhou o mercado e vem se expandindo cada vez mais. De acordo com Caio, uma das premissas fundamentais da marca empregadora é a mensagem certa para o público certo. "Mas para isso, é preciso metodologia e conhecimento", explica, ao destacar que sua trajetória profissional contribuiu bastante para a sua atuação neste segmento. Ele lembra que o Employer Branding nasceu nos Estados Unidos nos anos 90, mas chegou bem depois ao Brasil. E com as mudanças no mercado e nas comunicações, Caio destaca que a informação é muito ágil e hoje muitos candidatos escolhem as empresas onde querem trabalhar e por isso "saber vender a sua marca é fundamental". "Onde está o seu público? São necessárias estratégias e canais adequados para atingi-los", ressalta. Ele citou ainda a Disney Plus, uma das marcas que mais investem em Employer Branding. Isso tem a ver com posicionamento e encantamento tanto do público interno quanto do público externo. 

Com a ampliação do tema no Brasil, Caio, Suzie  e Whiny observaram que era necessário ensinar o mercado e, com isso, uniram forças, talentos e conhecimento e deram vida à EBB, a maior comunidade sobre o tema no país e que já capacitou mais de 25 mil pessoas. Em virtude de muita gente não compreender esse sistema e confundi-lo com comunicação interna ou endomarketing, os sócios perceberam que precisavam ir além e contribuir com a capacitação do grande nicho que havia no mercado e a EBB tem expandido exponencialmente. "Comunicação é o que o outro lê, absorve, entende. Há uma ciência nesse movimento, metodologia, conhecimento e isso nós entregamos. Marca é o que marca para fora e para dentro de uma empresa, é a experiência gerada", ensina. 

Leia mais em  https://bit.ly/3tw7VXK


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895