Cuidas oferece serviços de saúde focado no atendimento primário para ajudar as empresas

Cuidas oferece serviços de saúde focado no atendimento primário para ajudar as empresas

Healthtech conecta empresas com profissionais de saúde para oferecer atendimento a seus colaboradores de forma contínua e humanizada

Correio do Povo

publicidade

Ter uma visão integral sobre os cuidados com a saúde é uma das principais missões da Cuidas, healthtech especializada na Atenção Primária à Saúde (APS). A empresa nasceu do desejo de seus três fundadores de construir uma solução inovadora de tecnologia e saúde para reduzir as ineficiências e desperdícios do sistema de saúde brasileiro, tanto público quanto privado. 

Os fundadores, João Henrique Vogel, Deborah Alves e Matheus Silva, se conheceram enquanto cursavam a universidade nos Estados Unidos e foi lá que surgiu a ideia do serviço focado na Atenção Primária à Saúde, mesmo modelo usado no Reino Unido, Canadá e Austrália, para resolver ineficiências em seus sistemas de saúde. 

“Estávamos trabalhando em outro projeto juntos quando tivemos a ideia de trabalhar em uma solução focada em saúde. Nós já conhecíamos o sistema público e seus entraves, mas queríamos ir além. Depois de muitos estudos e pesquisas, percebemos que, através de um cuidado com a saúde e atenção contínua, é possível reduzir consideravelmente a procura por serviços emergenciais e, na outra ponta, ajudar as empresas a reduzir custos também”, destaca a co-fundadora e COO da Cuidas, Deborah Alves. 

Por meio deste cuidado preventivo, a Cuidas leva para dentro de outras empresas e seus funcionários mais qualidade de vida e bem-estar, contribuindo para a diminuição do absenteísmo e sinistralidade de profissionais no mercado de trabalho, pois atua com foco na longitudinalidade (continuidade temporal) do cuidado e aposta, ainda, no cuidado com a saúde mental de seus pacientes. A Atenção Primária de Saúde da Cuidas resolveu aproximadamente 94% dos casos que atendeu, sem necessidade de encaminhamento no último ano, atingindo um NPS de 92,6.

"Nós queremos tratar da saúde de nossos usuários e não só das doenças. Claro que é importante que nossos usuários nos procurem nesses momentos de questões agudas, mas nosso trabalho consiste em um acompanhamento de longo prazo. Queremos entender o estilo de vida de cada um, seus contextos e individualidades, para então propor mudanças de hábitos que os trarão mais qualidade de vida e, consequentemente, redução de desperdícios/custos com outros recursos do sistema de saúde”, explica João Henrique Vogel, cofundador e CEO da Cuidas. 

A plataforma desenvolvida pela Cuidas consegue fazer este acompanhamento através de um prontuário próprio que traz o histórico de todos os pacientes ao longo de todo o período em que são atendidos. Em seus três anos de atuação, a startup já firmou parcerias com empresas como SulAmérica, Live Work, Omni, e EasyCarros.

No ano de 2020, a empresa recebeu um investimento de mais de R$ 17 milhões, em sua segunda rodada, liderada pelos fundos Kaszek Ventures e Península Participações, de Abílio Diniz. “Queremos crescer ainda mais e apoiar outras organizações a levar mais acesso a saúde de qualidade a seus colaboradores, controlando seus custos com saúde”, ressalta  João Henrique.

 

Sobre a Cuidas: 

Fundada em 2018, a Cuidas é uma healthtech que trabalha com soluções de atenção primária para empresas, focando na saúde e não na doença/sintomas dos usuários, para trabalhar mudanças de hábito que levarão a mais qualidade de vida e, também, redução de desperdícios com outros recursos do sistema de saúde  Através da telemedicina ou do atendimento dentro das próprias empresas, a Cuidas olha para a saúde de seus usuários de maneira longitudinal  e integral. Em 2020, a empresa recebeu um investimento de R$ 17 milhões em sua segunda rodada liderada pelos fundos Kaszek Ventures e Península Participações, de Abílio Diniz.  Para saber mais, acesse: https://cuidas.com.br/.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895